uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Novo presidente das freguesias de Manique, Vila Nova de São Pedro e Maçussa quer manter serviços às populações

Novo presidente das freguesias de Manique, Vila Nova de São Pedro e Maçussa quer manter serviços às populações

José Correia tem maioria relativa e não fala para já em coligações porque gostaria de ter um executivo comunista
Edição de 09.10.2013 | Política
José Correia, candidato da CDU, ganhou a União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de São Pedro e Maçussa com maioria relativa e admite governar em conjunto com eleitos de outras forças políticas. Mas reserva uma tomada de posição para depois da tomada de posse. O autarca admite também ser possível gerir a junta através de consensos sem a necessidade de haver coligações. Apesar de admitir a possibilidade de coligações, o novo presidente da junta diz que gostaria de ter um executivo comunista pois “foi para isso que lutámos”. No rescaldo das eleições, José Correia mostrou-se preocupado com a taxa de abstenção que cresceu em relação às eleições de 2009. “Uma boa parte das pessoas que mora nestas regiões teve que emigrar e apesar de fazer parte do eleitorado, não pode votar”, esclarece. José Correia era contra a agregação de freguesias e agora que foi eleito presidente de uma junta que agrega três freguesias do concelho de Azambuja tem como principal objectivo a curto prazo “uniformizar e centralizar, o mais rapidamente, o sistema informático das três antigas juntas de freguesia e consolidar as contas”. O novo presidente diz que está ao corrente da situação financeira de Manique, de Maçussa mas que não tem ideia do que se passa em Vila Nova de São Pedro. Descansa porém os habitantes destas duas últimas localidades e garante que as juntas vão continuar abertas para servir a população com o apoio que sempre tiveram. “Em Vila Nova de São Pedro, a ideia é manter a junta funcional para que continue a existir uma intervenção directa na população com a marcação de consultas médicas, esclarecimentos nos pagamentos de água e luz e atestados”, explica.Recorde-se que a CDU venceu as eleições autárquicas de 29 de Setembro com 42,22 por cento dos votos elegendo quatro elementos. O PS obteve 41,21% e elegeu quatro mandatos. A Coligação Pelo Futuro da Nossa Terra (PPD/PSD/CDS-PP/MPT/PPM) conseguiu 10,54% e elegeu um eleito na assembleia de freguesia.
Novo presidente das freguesias de Manique, Vila Nova de São Pedro e Maçussa quer manter serviços às populações

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...