uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Zélia Henriques

Zélia Henriques

Advogada, 52 anos, Vila Franca de Xira

“Só costumo utilizar transportes públicos quando não tenho alternativa de usar o carro, caso o meu marido precise dele. Muitas vezes o transporte público também não nos leva para o local que pretendemos nem no horário desejado”* * *“Se o Vila Franca Centro morre, morre o centro da cidade. Já foi embora o hospital, agora falam nas Finanças, não pode fechar o centro comercial. Há tanto tempo que falam em ali instalar serviços camarários e nunca chegam a nada”

Edição de 16.10.2013 | Agora falo eu
O que achou dos resultados eleitorais em Vila Franca de Xira?Uma surpresa! Achei que a CDU subiu bastante. Pensava que a equipa da presidente Rosinha ia ter um resultado mais folgado. Pensei que a margem fosse maior até por ela ter sido uma figura querida em Vila Franca. Agora o PS vai ter de se esforçar mais e negociar com as forças da oposição. Penso que é melhor obter acordos e haver participação para que no futuro todos possam ser responsabilizados.Do que é que tira mais partido durante a Feira de Outubro?Este ano não fui lá porque não tive hipótese, mas costumo sempre apreciar o pavilhão com o artesanato e os artesãos no trabalho ao vivo. Quando tenho companhia também gosto de ir à corrida de touros.O que é que de mais insólito viveu na sala de audiências de um tribunal?Uma vez com um arguido cigano e a respectiva família a assistir houve bastante burburinho e há sempre alguém a tentar manifestar-se, mas os juízes têm obrigação de se impor. Numa outra ocasião, no Verão do ano passado, o arguido cansou-se, não gostou nada do que estava a acontecer e saiu porta fora da sala de audiências. Não estava detido e a sessão lá continuou com o seu defensor oficioso.Como é que prefere passar os seus tempos livres?Quando tenho tempo pinto, leio e ouço música. Gosto de ler livros policiais, enquanto na música aprecio do fado ao clássico, menos o rock. Prefiro música mais calminha.Utiliza transportes públicos ou leva o carro para todo o lado?Só costumo utilizar transportes públicos quando não tenho alternativa de usar o carro, caso o meu marido precise dele. Muitas vezes o transporte público também não nos leva para o local que pretendemos nem no horário desejado.Quantas vezes foi ao Museu do Neo-Realismo ou a outro espaço cultural da cidade ou do concelho?Já fui duas ou três vezes ao museu. Sobre a oferta cultural no concelho noto que Alverca tem muito mais espectáculos de revista, teatro, dança, etc. Aqui em Vila Franca de Xira gostava que houvesse mais espectáculos de todo o género no Ateneu.O Vila Franca Centro ainda é importante para a cidade?Nas condições em que se encontra não. Precisa de uma injecção de boas vontades. Se o centro morre, morre o centro da cidade. Já foi embora o hospital, agora falam nas Finanças, não pode fechar o centro comercial. Há tanto tempo que falam em ali instalar serviços camarários e nunca chegam a nada. Se ali fosse instalado um supermercado como o Pingo Doce, com estacionamento por baixo, a que se somasse a restauração, teria um movimento totalmente diferente.Jorge Jesus é um cromo da bola a treinar o Benfica?Sou benfiquista e acho que a era Jesus já acabou. O clube está a precisar de sangue novo e aquele treinador já deu o que tinha a dar. Já não consegue fazer nada em termos de autonomia e disciplina. Gosto de acompanhar o Benfica, o futebol e os jogos da selecção.Segue uma dieta rigorosa ou abusa quando lhe apetece?Eu bem tento mas também faço os meus estragos. Os meus horários não são muito compatíveis com uma dieta certa. Salto refeições ou lanches por não ter tempo, vou beber um café à pressa por não ter tomado um pequeno almoço como deve de ser. É difícil fazer uma refeição completa e equilibrada no dia a dia. Mas o ensopado de enguias é um prato que me enche as medidas.Que figura pública gostaria de conhecer?Gostava de estar frente a frente com a nossa especialista alemã Angela Merkel para saber se é tão rija ao vivo como faz transparecer. Também gostava de ter uma conversa com o Passos Coelho para tirar algumas dúvidas, porque acho que têm sido muito radicais. Precisa de explicar melhor as decisões que tem tomado e deve-nos ajudar a perceber melhor.
Zélia Henriques

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...