uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Clube Ornitológico de Vialonga é um símbolo da modalidade no país

Clube Ornitológico de Vialonga é um símbolo da modalidade no país

Considerado o melhor a nível nacional pelo presidente da Federação do Sul e dirigente do clube
Edição de 16.10.2013 | Desporto
O Clube Ornitológico de Vialonga tem 792 associados que têm alcançado prémios a nível nacional e internacional. A colectividade começou há dez anos numa pequena garagem na Quinta das Índias em Vialonga, com trinta elementos. O fundador, Francisco Ildefonso, faleceu um mês após ter assinado a escritura de constituição do clube. “Foi um enorme revés no início mas isso deu-nos motivação para continuar” afirma o vogal do clube e presidente da Federação Ornitológica do Sul, Carlos Delgado. O clube cresceu com as exposições que se realizam em Vila Franca de Xira e tem filiados de todas as regiões do país. Apenas uma minoria pertence a Vialonga o que entristece o presidente da federação. “Diziam que não íamos aguentar nem um mês, agora somos o melhor clube a nível nacional”, afirma orgulhoso. Carlos Delgado explica que o desenvolvimento do clube deve-se principalmente à aposta da direcção no apoio aos seus associados. No último campeonato nacional o clube conseguiu 99 primeiros lugares, 62 segundos e 52 terceiros em várias categorias. Para se alcançarem prémios é necessário um avultado investimento dos criadores de pássaros. Carlos, que já foi campeão nacional, tem 150 aves numa garagem com luz artificial, aparelhos para filtrar a água e o ar. “Cada criador procura aperfeiçoar-se numa raça para tirar o melhor aproveitamento dos pássaros”, informa. A sua especialidade são os canários de cor vermelha e os canários “Lizard”. O tempo médio de vida das aves são dez anos mas a maior parte só pode competir uma vez numa prova. “Um pássaro que nasce em Março com saúde já pode ir a uma mostra em Novembro e em Janeiro já está a procriar”, salienta Carlos sublinhando que uma ave é sobretudo uma companhia. Uma das preocupações do clube é a o facto de a sede, na Maranhota, já não ter condições. “Na última assembleia geral tivemos cerca de cinquenta sócios e não cabíamos todos nas instalações”. Por isso vai tentar sensibilizar a Câmara de Vila Franca para que os ajude a ter um novo espaço.A ornitologia é o ramo da biologia que se dedica ao estudo das aves a partir da sua distribuição na superfície do globo, das condições e peculiaridades de seu meio, costumes e modo de vida, de sua organização e das características que as distinguem umas das outras, para classificá-las em espécies, géneros e famílias. Trata-se de uma das poucas ciências beneficiadas por importantes contribuições de amadores. Os criadores de aves associados nos clubes participam em exposições/campeonatos em que estas são avaliadas e premiadas. AviXira 2013 em Novembro com três mil avesO AviXira vai na sua terceira edição e é um Campeonato Internacional de Ornitologia que se realiza de 16 a 24 de Novembro. O Pavilhão Multiusos de Vila Franca de Xira é mais uma vez o local escolhido para a mostra que vai reunir mais de três mil aves de duas centenas de expositores. O evento é organizado pelo Clube Ornitológico de Vialonga em pareceria com o Clube Ornitológico de Peniche. Carlos Delgado espera que nessa altura o número de sócios do clube de Vialonga ultrapasse os 800. O campeonato é integralmente montado pelos filiados, com 15 deles a tirarem uma semana de férias dos empregos para ajudarem a montar os equipamentos no pavilhão.
Clube Ornitológico de Vialonga é um símbolo da modalidade no país

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...