uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Ribalama no todo-o-terreno para dar a conhecer a charneca chamusquense

Ribalama no todo-o-terreno para dar a conhecer a charneca chamusquense

A competição também faz parte da vida do clube e o motocross vai ter pista na Chamusca

O Ribalama Clube TT da Chamusca nasceu há três anos quando um grupo de amantes do todo-o-terreno que participavam de forma informal e individual em provas da modalidade, se juntou e resolveu oficializar a instituição. Hoje é um dos clubes mais conhecidos da região.

Edição de 16.10.2013 | Desporto
Marco Carvalho e Carlos Guita são dois elementos da actual direcção do clube que, em conversa com O MIRANTE, garantiram que o desenvolvimento do Ribalama, que é “um diminutivo de Ribatejo mais lama”, tem sido excepcional. “Começámos quase por brincadeira, alguns de nós tínhamos prazer em andar de jipe pela charneca chamusquense, que tem sítios e paisagens de excepcional beleza, ao fim de três anos atingimos uma situação no seio do todo-o-terreno de que nos orgulhamos”, garantiram os dois dirigentes.O clube comemora o terceiro aniversário em Dezembro, está assim em ano de comemoração, mas não tem ainda marcado para essa data uma prova em especial. “Mas já foi aflorado no seio da direcção avançar para a realização de um passeio de jipes e motos para o dia 8 de Dezembro, para comemorar o nosso aniversário junto com os amigos que nos queiram visitar nesse dia”, disse Carlos Guita.Em 2006 um dos actuais elementos do clube organizou o primeiro passeio de jipes na Chamusca, que foi o lançamento da semente para a formação do Ribalama, que só surgiu efectivamente quatro anos depois. Agora ao longo dos anos o clube organiza pelo menos três passeios por ano, destacando-se entre eles o Passeio da Ascensão onde consegue juntar uma centena de jipes e motos. “É um dos passeios mais participados e com mais nome na região”, garante Marco Carvalho.Neste momento o Ribalama Clube TT da Chamusca continua a crescer. “Temos 28 sócios e oitenta por cento têm jipes ou motos. Temos ainda muitas hipóteses para crescer, temos espaço para mais sócios e há pessoas interessadas em fazer parte do clube. Temos uma direcção nova e activa que quer dinamizar ainda mais o grupo”, garante Carlos Guita.“Participamos também em provas organizadas por clubes da região e também na zona do Alentejo. Já criámos fortes raízes de amizade com amantes do todo-o-terreno de todo o país, são aqueles que nos visitam nos nossos passeios, quer aqueles com que convivemos quando participamos em passeios de outras organizações”, disse Marco Carvalho.Mas o Ribalama também participa em provas mais conhecidas. “O ano passado estivemos presentes nas 24 horas de Fronteira. Foi uma experiência de grande qualidade, fizemos novos amigos e tomámos contacto com novas situações que nos ajudam a organizar melhor os nossos passeios”.Os associados do Ribalama Clube TT estão sobretudo alertados para a defesa da floresta e da charneca chamusquense, por isso a direcção vai incluir o clube no Plano de Emergência Municipal. “Já temos tudo tratado com a Protecção Civil para que, a partir da implementação do novo programa, o clube o integre e passemos a colaborar oficialmente na defesa da floresta”, garantiu Marco Carvalho. Prova do MX Ribatejo dia 20 na ChamuscaNa área da competição o Ribalama vai dar mais um passo em frente. Os dirigentes do clube estão a construir uma pista de motocross na Chamusca, para em colaboração com o Glória Moto Clube, levarem a efeito, no dia 20 de Outubro, durante todo o dia uma das provas do Troféu MX Ribatejo. “É uma prova dedicada às motos, que vai trazer à Chamusca alguns dos melhores pilotos nacionais nas várias categorias”, refere o dirigente.
Ribalama no todo-o-terreno para dar a conhecer a charneca chamusquense

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...