uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Jovem apanha dois anos de prisão por agredir e roubar telemóvel em Torres Novas

Arguido estava já a cumprir outra pena de prisão, mas com pena suspensa
Edição de 16.10.2013 | Sociedade
Um jovem de 22 anos foi condenado pelo Tribunal de Torres Novas a dois anos e três meses de prisão efectiva por ter roubado um telemóvel, no valor de 15 euros, e um maço de tabaco. No banco dos réus estavam ainda um homem de 43 anos acusado de roubo simples em co-autoria, que acabou condenado a dois anos de prisão com pena suspensa, e outro, de 36 anos, que foi absolvido por não ter ficado provada a sua participação no roubo e agressões. O rapaz já tinha condenações anteriores por roubo e tráfico de droga de menor gravidade e cumpria uma pena de cinco anos, suspensa em igual período, pelo que os juízes consideraram que, desta vez, a pena a aplicar seria a de prisão efectiva. “O colectivo ponderou a idade do arguido, sem esquecer o seu passado criminal e o facto de ter faltado ao julgamento é revelador de uma personalidade avessa ao Direito”, considera o acórdão. De acordo com a acusação do Ministério Público, os factos tiveram lugar na noite de 14 de Janeiro, num túnel localizado na Avenida 8 de Julho, quando o arguido de 36 anos abordou o ofendido e pediu-lhe os cinco euros que este lhe deveria. Como a vítima disse que não tinha essa quantia, acabou por ser agredida por pontapés pelo jovem de 22 anos, com a cumplicidade do mais velho, tendo-lhe sido retirado o telemóvel e um maço de tabaco. Na sequência das agressões, a vítima acabou por ficar uma semana de baixa médica.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...