uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Culturista da Póvoa de Santa Iria consegue sexto lugar em prova de nível mundial

Culturista da Póvoa de Santa Iria consegue sexto lugar em prova de nível mundial

Fábio Lopes, de 29 anos, obteve o sexto lugar na categoria de até 70 kg no Arnold Classic Europe, prova que reúne os melhores bodybuilders da Europa, imediatamente abaixo de competições como o Mr. Olympia e Campeonato do Mundo. Fábio Lopes aposta em chegar ao top 3 em 2014 e não se poupa a sacrifícios para o conseguir.

Edição de 23.10.2013 | Desporto
O atleta de culturismo Fábio Lopes, de 29 anos, residente na Póvoa de Santa Iria, classificou-se em sexto lugar no Arnold Classic Europe, prova que decorreu em Madrid no fim-de-semana de 12 e 13 de Outubro e que reuniu os melhores culturistas do velho continente. Uma competição que, na modalidade, só fica abaixo do Campeonato do Mundo e do concurso Mr. Olympia.Perante alguns dos melhores do mundo e na categoria de até 75 quilos, Fábio Lopes conseguiu passar à final e obter um notável sexto lugar entre 15 concorrentes. Um registo que o atleta está empenhado em melhorar e aposta em chegar ao top três na mesma competição em 2014. “Tenho de continuar a treinar de forma dura e a cumprir um regime alimentar adequado para aumentar a massa muscular e poder estar em condições em 2014”, garante Fábio.Antes de alcançar o feito internacional, Fábio Lopes afirmou-se a nível interno. Conquistou a Taça de Portugal em 2010, venceu o Campeonato Nacional em 2012 e já se tinha estreado em competições federadas, em 2009, com o primeiro lugar no Regional e o terceiro a nível nacional. Tinha então 25 anos, mas foi com 18 anos que despertou para o culturismo. Começou a frequentar um ginásio e, aconselhado por pessoas com experiência, foi moldando o corpo, aumentando a massa muscular, privilegiando a definição muscular e a simetria, até sentir o apelo da competição federada. “Estudei fisiologia, tirei cursos de musculação e de alimentação para entender melhor a performance que queria ter”, explica.Apoios e patrocínios importantes para alcançar os melhores do mundoO esforço de treino, alimentação e de competição é suportado apenas pelo bolso de Fábio Lopes. Nasceu em Lisboa, mas desde cedo viveu em Vialonga. Tem actualmente uma churrasqueira e take-away na Malvarosa, em Alverca, e reside na Póvoa de Santa Iria.Gasta alguns euros por semana em alimentação e suplementos de proteínas, complexos e vitaminas diversos, o que pesa no seu orçamento e nos objectivos a concretizar. Na fase fora de competição treina duas horas diárias, enquanto na preparação para as principais provas começa a dar no duro 16 semanas antes. “Seria importante conseguir patrocínios e estou a tentar obtê-los para poder contratar treinadores de renome que me possam ajudar a alcançar o nível máximo”, antevê Fábio Lopes.Os sacrifícios à mesa pesam e muito na sua preparação. Especialmente na fase pré-competição em que resume a sua dieta a hidratos de carbono, carnes brancas, vegetais, distribuídos por seis a oito refeições diárias. Frango, salmão, legumes, ovos, aveia, são alimentos repetidos pelo culturista, que põe de lado as gorduras e os doces. “Uma vez por semana, em fase fora de pré-competição posso pecar e ir ao McDonalds ou comer uma pizza”, garante. Umas vezes Carla acompanha o marido nas refeições, outras segue o seu caminho. Também Fábio tem de resistir aos petiscos da sua churrasqueira e take-away mas garante que impõe a sua autodisciplina.É o ter como expoentes máximos da modalidade os Mr. Olympia Flex Lewis e Phill Heath, ou o brasileiro Eduardo Correa, que Fábio Lopes se motiva e tem como ambição chegar ao seu nível.Um Mr. Músculo que já foi um lingrinhas de 53 quilosQuem olhar para o “caparro” muscular de Fábio Lopes e não conhecer o seu trajecto, dificilmente o imagina com a mesma altura e com menos 20 quilos de músculos pelo corpo há pouco mais de dez anos. No tempo em que Arnold Schwarzenegger e Sylvester Stallone fizeram furor, Fábio Lopes traçou como objectivo ter uma silhueta semelhante e rapidamente foi chegando ao ponto desejado. A mulher de Fábio, Carla Lopes, apoia-o a cem por cento nesta opção de vida, seja no estilo alimentar que adopta, como nas horas dedicadas ao treino e nas competições.
Culturista da Póvoa de Santa Iria consegue sexto lugar em prova de nível mundial

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...