uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Oposição vai estar atenta à gestão de Afonso Costa na União das Freguesias de Alverca e Sobralinho

Oposição vai estar atenta à gestão de Afonso Costa na União das Freguesias de Alverca e Sobralinho

Polémica não larga o autarca com a CDU a criticá-lo pelas jogadas de bastidores na assembleia
Edição de 23.10.2013 | Política
A oposição na assembleia da União de Freguesias de Alverca e Sobralinho não vai tirar os olhos do desempenho do presidente da junta. O socialista Afonso Costa, bastante criticado enquanto presidente da Junta de Alverca por não ligar à cidade, disse na tomada de posse que tudo vai fazer para dar mais qualidade de vida às populações. Mas os eleitos das outras forças políticas, apesar de lhe darem o benefício da dúvida, avisam-no que vão estar atentos. O tom mais crítico surge da Coligação Novo Rumo (liderada pelo PSD), com Adão Conde a dizer que não reconhece a Afonso Costa “competências no que diz respeito à gestão”. Mas ressalva que vai manter uma postura colaborante. Carlos Gonçalves, da CDU, a segunda força política mais votada, avisou que a sua bancada irá estar atenta à gestão do novo executivo, que integra o anterior presidente do Sobralinho, o também socialista José Manuel Peixeiro, e espera que venha a ser uma gestão “próxima, rigorosa e participada”. Afonso Costa foi também criticado pela CDU que o acusa de ter feito uma jogada de bastidores na assembleia de freguesia. Numa declaração de voto sobre a constituição da mesa da assembleia com eleitos da Coligação Novo Rumo, manifestou-se “indignada” pelo facto de Costa ter andado a negociar com a coligação em vez de o fazer com a segunda força mais votada, a CDU (coligação do PCP com “Os Verdes”). “Estas atitudes não são bonitas, não dignificam a política nem os seus intervenientes. Foi uma atitude inesperada do PS”, lamentou o comunista Fernando Moreira, perante os aplausos da plateia. A mesa da assembleia de freguesia é composta por Carlota de Pina (presidente), Luciana Nelas (1º secretário) e Isabel dos Santos (2º secretário), que integraram a lista proposta pela Coligação Novo Rumo e que venceu com dez votos favoráveis e oito contra. Afonso Costa não acusou a má imagem que a oposição lhe atribuía enquanto presidente de Alverca e disse que está hoje mais preparado que nunca para gerir os destinos da nova união de freguesias. Considerou que o desafio é maior do que há quatro anos e destacou a importância de captar investimentos, melhorar a mobilidade e de promover o apoio aos mais desfavorecidos.
Oposição vai estar atenta à gestão de Afonso Costa na União das Freguesias de Alverca e Sobralinho

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...