uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Vereador da CDU faz acordo com presidente da Câmara de Azambuja exigindo novo mercado na sua aldeia

Vereador da CDU faz acordo com presidente da Câmara de Azambuja exigindo novo mercado na sua aldeia

Dirigentes locais da CDU pretendem retirar confiança política a Herculano Martins
Edição de 23.10.2013 | Política
O acordo entre o vereador comunista na Câmara de Azambuja e o presidente socialista sem maioria absoluta, Luís de Sousa, caiu que nem uma bomba na concelhia da CDU. Herculano Martins, número dois da lista da CDU (coligação do PCP e de Os Verdes) para a câmara, prometeu ajudar a gestão de Luís de Sousa e em troca a câmara constrói um novo mercado diário na aldeia onde vive, em Manique do Intendente. O acordo que permite a Luís de Sousa governar com tranquilidade foi feito à revelia dos comunistas que ficaram indignados.Herculano Martins explicou a O MIRANTE que aceitou coligar-se com o executivo de Luís de Sousa “a título individual” depois de ter negociado “o melhor para a freguesia de Manique”. Herculano vai ser vereador a tempo inteiro nos próximos quatro anos. “As minhas preocupações foram sempre com a freguesia, nunca pensei vir a ser vereador a tempo inteiro. De qualquer forma merecia outra consideração da CDU e comuniquei-lhes a minha decisão”, explica. A decisão de Herculano Martins, que foi nos últimos anos presidente da Junta de Freguesia de Manique do Intendente pela CDU, pode vir a custar-lhe a confiança política do partido mas o autarca diz que se está “marimbando” para isso e que não se irá sentir constrangido nas próximas reuniões e assembleias em que participar. O número um da lista da CDU, David Mendes, pediu suspensão do mandato por 30 dias alegando motivos profissionais mas o mal-estar é evidente. “Foi uma machadada nos políticos locais e em quem votou na CDU. Quem vem para a política tem de estar preparado para as desilusões, mas isso não significa magoar as pessoas, que foi o que nos fizeram. Só vieram tornar a luta contra a gestão de calamidade do PS ainda mais difícil”, diz David Mendes.Na última reunião pública de câmara, na tarde de segunda-feira, 21 de Outubro, algumas propostas foram aprovadas com os votos contra da coligação Pelo Futuro da Nossa Terra e pela vereadora da CDU, Mara Oliveira. Herculano Martins alinhou pelo PS e contribuiu para a aprovação dos documentos. Luís de Sousa pediu que além dos dois dois vereadores a tempo inteiro previstos no regimento fossem também colocados outros dois vereadores a tempo inteiro: António Amaral e Herculano Martins. A vereadora da CDU absteve-se, juntamente com a restante oposição, viabilizando a pretensão socialista.
Vereador da CDU faz acordo com presidente da Câmara de Azambuja exigindo novo mercado na sua aldeia

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...