uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Posto de Turismo de Fátima continua sem solução

Posto de Turismo de Fátima continua sem solução

Presidente da Câmara de Ourém é vice-presidente da entidade responsável pelo espaço
Edição de 30.10.2013 | Sociedade
O Posto de Turismo de Fátima continua sem solução à vista. Os vereadores da coligação PSD/CDS na Câmara de Ourém questionaram o presidente sobre o futuro do posto de turismo que, desde que o edifício onde funcionava foi deitado abaixo para construir a avenida D. José Alves Correia da Silva, passou para uma loja num centro comercial na cidade.O presidente do município, Paulo Fonseca (PS), explicou que o posto de turismo pertencia à Região de Turismo Leiria/Fátima e que com a sua extinção vai passar para a alçada do Turismo do Centro. “Está tudo num processo de transição por isso é que ainda não existem decisões”, justificou. Paulo Fonseca referiu também que a funcionária que trabalhava no posto de turismo entretanto reformou-se e desde essa altura tem sido “inventada” uma solução com uma senhora que tem aberto o posto de turismo. Também o espaço no centro comercial onde funciona o posto é cedido pelo proprietário.O vereador que no anterior mandato detinha o pelouro de Fátima (que agora foi extinto), Nazareno do Carmo, explicou que no projecto de construção da avenida estava incluída a demolição do edifício do posto e que estava “assumido” nos fundos comunitários a construção de um novo, noutro local. “O grande problema foi a insolvência da Aquino, a primeira empresa a quem foi adjudicada a obra da avenida. Com a insolvência, os responsáveis do QREN (Quadro de Referência Estratégica Nacional), na altura de reverem o contrato obrigaram-nos a retirar a construção do posto de turismo. O QREN tirou-nos o tapete debaixo dos pés”, critica Nazareno do Carmo. Depois do vereador da oposição, Luís Albuquerque (PSD), ter sugerido aproveitar a Praça Luís Kondor, no centro da cidade, para ali colocar o posto de turismo, Nazareno do Carmo afirmou que o executivo municipal tem que encontrar uma solução que sirva toda a população. “Existe uma pequena rivalidade entre Fátima norte e Fátima sul e temos que ter o cuidado de colocar o posto de turismo num local central que seja perto para toda a população”, sublinhou. Os vereadores da oposição não compreendem que não exista uma solução e recordaram que o presidente da Câmara de Ourém, Paulo Fonseca, assumiu recentemente o cargo de vice-presidente da Entidade de Turismo do Centro.Como O MIRANTE noticiou (ver edição 19.Setembro.2013), nos dias em que Fátima tem maior afluência de visitantes o posto de turismo da cidade está fechado. Além do serviço estar num local pouco acessível, num centro comercial, agora os turistas que ao fim-de-semana visitam o santuário batem com o nariz na porta quando procuram informações. Não são raras as vezes que turistas andam às voltas pela cidade para encontrarem o posto de turismo que foi instalado provisoriamente numa loja do centro comercial Fatimae.
Posto de Turismo de Fátima continua sem solução

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...