uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Temporal causou estragos na região

Temporal causou estragos na região

Chuva e vento fortes destroem telhados em Constância e provocam inundações em várias localidades
Edição de 30.10.2013 | Sociedade
O mau tempo provocou na quinta-feira, 24 de Outubro, a destruição de parte de estruturas de telhados em habitações e numa fábrica na zona industrial de Montalvo, Constância, sem causar feridos ou desalojados, informou fonte dos bombeiros. O comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância, Adelino Gomes, classificou a ocorrência como um “mini tornado”, afirmando que o mesmo foi visionado pelas câmaras de vigilância de uma fábrica que acabaria por sofrer os maiores prejuízos.“Foi um vendaval muito intenso, acompanhado de chuva muito forte. Começou cerca das 16h00 e durou dois a três minutos, havendo a registar quedas de chaminés e telhados arrancados pela força do vento em prédios de habitação”, disse Adelino Gomes acrescentando que o fenómeno já se havia verificado ao final da manhã, e que a réplica da tarde foi mais curta e mais intensa.“Desobstruímos estradas e caminhos interrompidos por via das telhas e das placas, que voaram literalmente, sendo que uma das chapas de um dos telhados foi parar à A23, tendo voado cerca de 300 metros”, afirmou. Segundo o comandante dos bombeiros de Constância, as estradas ficaram desimpedidas cerca das 17h30 e não houve registo de feridos ou necessidade de realojamento de populares.Em Almeirim, a bátega de água que caiu cerca das 22h30 dessa quinta-feira inundou várias ruas da cidade de Almeirim. No espaço de poucos minutos os Bombeiros Voluntários de Almeirim receberam duas dezenas de chamadas. Várias ruas foram interditas momentaneamente ao trânsito pela GNR enquanto os bombeiros tentavam através da abertura de colectores de esgotos escoar a água. As ruas onde mais água se acumulou foram a Dionísio Saraiva, Bernardo Gonçalves, Alfredo Godinho, Rua das Milheiras e Rua dos Aliados. Os bombeiros voluntários deslocaram vários elementos e viaturas para as ruas, que foram tentando escoar a água através da abertura das tampas dos colectores de esgotos. O que nem sempre foi fácil uma vez que estes também estavam sem capacidade de escoamento. A situação foi facilitada quando deixou de chover por volta das 23h45. Em Santarém, infiltrações causadas pela água acumulada na cobertura do jardim de infância do Sacapeito obrigaram ao encerramento desse estabelecimento educativo na quinta e sexta-feira. Vila Franca de Xira, Cartaxo e Coruche foram outros dos concelhos onde se registaram inundações devido às fortes chuvadas.
Temporal causou estragos na região

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...