uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Campeã com a ajuda do seu melhor amigo Xeque-Mate

Campeã com a ajuda do seu melhor amigo Xeque-Mate

Inês Valença é a nova Campeã Nacional de Dressage - Júnior e não considera a equitação um mundo elitista

Monta desde os três anos e quer ser veterinária para saber tudo do mundo dos cavalos. Inês Valença, natural de Vila Franca de Xira, tem apenas 15 anos mas já é uma promessa nacional na categoria de Dressage que, segundo ela, consiste em executar exercícios de alta escola sem que a dificuldade transpareça para os espectadores. “Tem que parecer fácil e sair tudo à primeira”, explica a cavaleira que se tornou Campeã Nacional de Dressage na categoria Júnior no passado dia 27 de Outubro, no picadeiro General Duarte Silva. Para isso, teve a ajuda do seu melhor amigo Xeque-Mate, um cavalo lusitano puro de 11 anos com quem partilha toda a sua vida.

Edição de 13.11.2013 | Desporto
Inês e Xeque-Mate fazem uma dupla perfeita. “Ambos somos teimosos, determinados, sabemos brincar e ser sérios”, diz Inês que confessa que em momentos de maior irritação chega a desabafar com o animal na esperança que ele a oiça. A atleta afirma que para competir em provas de nível elevado tem que haver uma enorme ligação com o cavalo. “Passamos momentos difíceis no processo de aprendizagem e de melhoramento do nosso rendimento. O melhor é que independentemente do que faça, ele não me julga e reage sempre da mesma maneira”, elucida. Inês passa grande parte do seu tempo no Centro Equestre da Lezíria Grande cujo responsável é o seu avô, Luís Valença. Apesar dos cavalos serem uma tradição familiar a jovem afirma que não conseguia escolher outra vida. A manutenção mensal de um cavalo tem um custo de cerca de 400 euros e a participação numa competição pode ascender até aos 350, no entanto, a cavaleira não acha que seja um mundo elitista. “Eu aqui tenho a sorte de ter todo o cenário montado para poder praticar, mas é uma paixão como outra qualquer”, considera Inês que garante que independentemente da condição financeira de cada um todos podem experimentar. Está no décimo ano e mesmo assim consegue treinar cinco vezes por semana. “Este desporto vive muito da dedicação e das horas que temos em cima do cavalo”. Nunca sentiu que deixou nada por fazer tanto na escola como na sua vida social pois tem muitos amigos ligados ao desporto. Monta vários cavalos durante os treinos e diz que todos deixam a sua marca. Porém, não se consegue esquecer de um chamado “Quando” que foi vendido para a América. “Gostava muito dele, mas lá é tratado como um rei”, observa. A jovem não crê que seja necessário cair sete vezes para ser um bom cavaleiro como manda o ditado e acha que as três quedas que deu já foram suficientes para aprender. Agora o objectivo é a participação em competições europeias, o que só pode ser feito à custa de patrocínios.“Chegamos a negar cheques em branco por amor aos nossos cavalos”Sofia Valença é mãe de Inês e responsável pelas aulas no Centro Equestre que além dos cem alunos que compõem a escola de equitação também recebe muitos visitantes estrangeiros que querem ter férias ligadas aos cavalos. Actualmente existem 52 cavalos instalados no centro, dos quais sete estão a realizar um espectáculo artístico denominado “Apassionata” que vai passar por trinta cidades estrangeiras. Sofia explica que a família se foca mais na escola e nos espectáculos mas também tem um negócio de compra e vende de equinos. “O preço do Xeque-Mate pode ir dos 40 aos 150 mil euros dependendo da sua condição física” elucida a treinadora que diz que a idade ideal para um cavalo começar a ser montado é aos quatro anos. A família Valença já está neste ramo há três gerações e Sofia conta que dois dos melhores lusitanos que tinham chamavam-se Sultão e Zagalo. Por eles, a família chegou a receber cheques em branco e ofertas milionárias mas o seu valor não tinha preço. “Eram cavalos muito estimados pela família e a sua venda nem se pôs em questão”, conclui.
Campeã com a ajuda do seu melhor amigo Xeque-Mate

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...