uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Vereadores da oposição em Ourém sem direito a gabinete

Edição de 13.11.2013 | Política
A atribuição de um gabinete para o vereador independente (que assinou um acordo de governabilidade com a maioria PS) no edifício da Câmara de Ourém provocou discussão na última reunião do executivo. Os vereadores da coligação Ourém Sempre (PSD/CDS) consideram que se Vítor Frazão tem direito a um gabinete para fazer atendimento e estar na autarquia todas as segundas, terças e quartas-feiras, também os vereadores da oposição têm esse direito.O presidente da autarquia, Paulo Fonseca (PS), explicou que não existem salas disponíveis para os vereadores da oposição. Deu, no entanto, como possível que com a recuperação do edifício da antiga câmara municipal se arranje lá uma sala. O problema é que as obras de requalificação e recuperação deste edifício ainda vão ser candidatadas ao próximo quadro de financiamento comunitário, o que significa que não estarão prontas tão cedo.O vereador Luís Albuquerque não se mostrou satisfeito com a resposta do presidente. “Exigimos os mesmos direitos que o vereador Vítor Frazão, que foi eleito por um movimento independente e não pelo PS. Se existe uma sala para ele também tem que existir para nós. Temos o mesmo direito. Onde é que vamos consultar processos ou mesmo atender munícipes quando for necessário”, questionou.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...