uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Polícia critica câmara por criar confusão com estacionamento na Rua Alves Redol em Vila Franca

Polícia critica câmara por criar confusão com estacionamento na Rua Alves Redol em Vila Franca

Comandante da divisão policial diz que autorização de estacionamento não é válida e que há tolerância zero

Comandante da PSP diz que a situação criada pela câmara é “dúbia e complicada” de perceber e aconselha os automobilistas a não estacionar no local. Mesmo com o parquímetro pago, a viatura está em infracção e os agentes são obrigados a multar.

Edição de 13.11.2013 | Sociedade
A polícia continua a não reconhecer a medida da câmara de excepção de estacionamento na rua Alves Redol, em Vila Franca de Xira, e avisa que há tolerância zero para quem parar na zona. Nem o facto de os condutores pagarem parquímetro serve de atenuante. A autarquia colocou um aviso a dizer que é permitido o estacionamento na faixa de transportes públicos mas o comandante da divisão policial de Vila Franca de Xira, Pinto Aires, garante a O MIRANTE que não reconhece validade na decisão camarária. “Terem pintado a faixa como sendo de transportes públicos foi uma precipitação, que carecia de outro tratamento. Só deveriam tê-lo feito quando estivessem reunidas todas as condições para ser uma faixa destinada a transportes públicos. Pintou-se quando não se devia ter pintado”, lamenta o responsável a O MIRANTE. Perante as dezenas de automobilistas que já foram multados no local, o comandante da PSP lamenta dizendo que a polícia “é obrigada a multar” quem ali estaciona e recomenda aos condutores que estacionem noutro lado. Pinto Aires diz que chegou a sugerir à câmara que apagasse a indicação BUS no pavimento da faixa em questão mas a autarquia não acolheu a proposta. “Agora temos ali uma situação dúbia e complicada de perceber. Eu aconselhava as pessoas a não estacionar naquele local, porque perante a lei somos obrigados a multar”, esclarece. A situação arrasta-se há um ano e largas dezenas de condutores além de terem pago o estacionamento no parquímetro acabaram multados. O perfil da rua, a principal artéria da cidade, já mudou várias vezes de configuração, o que está a gerar confusão. Primeiro era para ter apenas uma faixa de circulação e uma para transportes públicos. Depois, por pressão de comerciantes e moradores, decidiu-se, além destas, por fazer uma faixa de estacionamento que não reunia condições de segurança na circulação, por ser demasiado apertada. O município deixou na faixa de BUS os sinais de parque e mantém os parquímetros.Os condutores e os comerciantes dizem-se enganados pela polícia e pela câmara porque o facto de não terem sido retirados os sinais de estacionamento pago e os parquímetros está a gerar confusão. Com a chegada do Natal, altura em que as lojas da rua fazem mais negócio, os comerciantes temem que os condutores acabem por se afastar com medo das multas.
Polícia critica câmara por criar confusão com estacionamento na Rua Alves Redol em Vila Franca

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...