26º Aniversário | 20-11-2013 15:31

Soluções de mobiliário urbano

A Cabena planeia, concebe, fabrica e instala soluções de mobiliário urbano que tornam o seu dia-a-dia mais confortável, mais prático, mais seguro ou, mesmo, mais divertido.Se já esperou um autocarro, em Guimarães, utilizou um abrigo de passageiros fabricado pela Cabena.Se já tomou um café no Bar d’El Rio, em Coruche, o quiosque onde está instalado foi fabricado pela Cabena.Se já assistiu a um espetáculo musical na zona ribeirinha de Portimão, o Coreto onde se realizou foi fabricado pela Cabena.Se os seus filhos já brincaram num parque infantil de Azeitão, os equipamentos foram fabricados pela Cabena.Se já praticou exercício físico ao ar livre nas Furnas (ilha de São Miguel), os equipamentos de fitness foram fabricados pela Cabena.Se já esperou o comboio numa estação da linha de Sintra esteve sentado num banco fabricado pela Cabena.E muitos outros exemplos poderiam ser apresentados. E exemplos que não se circunscrevem a Portugal, com as ilhas incluídas. É possível encontrar floreiras fabricadas pela Cabena em Paris, parques infantis em Casablanca ou parques de fitness em Salvador da Bahia.É em Benavente, onde está instalada há quase 33 anos, que fabrica os equipamentos que comercializa não só em Portugal, mas também em França, Marrocos e, mais recentemente, no Brasil. O seu processo de internacionalização iniciou-se em 2011 e hoje a Cabena tem agentes nos mercados francófonos de França e Marrocos e pretende, a partir daí, alargar a sua operação aos países vizinhos da Argélia e Mauritânia.No Brasil a operação instalada em São Francisco do Conde, na Bahia, é detida a 100% pela Cabena e pelo seu Diretor Geral, José Coimeiro, e está na fase de lançamento. Nos primeiros dois anos de atividade está prevista a exportação do produto parcialmente fabricado. A partir de 2016 a operação será totalmente independente, e está previsto haver especialização das unidades portuguesa e brasileira no fabrico de determinadas linhas de produto.O departamento de I&D da Cabena, em parceria com duas Universidades em Portugal e no Brasil, vem desenvolvendo estudos relativamente à utilização de novos materiais e matérias-primas cujos resultados são francamente animadores. A utilização destes materiais vai permitir o fabrico de equipamentos inovadores mais leves, mais duradouros e, sobretudo, mais adequados às novas realidades culturais, climáticas e socioeconómicas com que se confronta uma empresa que faz obra pública fora do seu ambiente natural.O futuro, que começa todos os dias na Cabena, promete…

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo