26º Aniversário | 20-11-2013 15:20

Um projeto inovador com responsabilidade social

União, Solidariedade e Confiança são os três pilares que suportam o projeto multimunicipal Águas do Ribatejo (AR). A empresa foi constituída a 13 de Dezembro de 2007 e, em Maio de 2009, assumiu a gestão dos sistemas nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche e Salvaterra de Magos. Torres Novas integrou a empresa em Outubro de 2011. A entrada de outros municípios está sobre a mesa, mas a atual administração não prevê a abertura da empresa a capitais privados.A Águas do Ribatejo EM, S.A. é uma empresa municipal com elevadas responsabilidades junto dos 150 mil consumidores que tem após a integração de Torres Novas.A sede está instalada em Salvaterra de Magos. Oito unidades de atendimento funcionam em Almeirim, Alpiarça, Benavente, Samora Correia, Coruche, Chamusca, Salvaterra de Magos e Torres Novas.A entrada do município torrejano na Águas do Ribatejo reforçou o universo com 20 mil novos clientes e 40 mil consumidores. A área de atuação da empresa expandiu-se por um território de 3280 km2, desde o Porto Alto a Chancelaria.O volume de negócios da empresa tem vindo a crescer, destacando-se os resultados líquidos positivos, apesar dos elevados investimentos que os primeiros anos de gestão exigiram. A AR tem gerado dinamismo nas economias locais sendo um cliente de referência para dezenas de fornecedores pela fidelização e pelo cumprimento dos prazos acordados para pagamento. As obras já realizadas (75 ME em quatro anos) e as intervenções em curso, com um plano de investimentos de 130 ME, geram mais de 180 postos de trabalho diretos.Em 2014, todos os concelhos que integram a AR terão taxas de cobertura superior a 95% no abastecimento de água e 90% no saneamento. A Região estará dotada ao nível exigido pelas diretivas nacionais e europeias, representando um salto qualitativo relevante.A empresa tem um modelo de gestão inovador com a exploração do sistema desde a captação até à distribuição nas casas, lojas, unidades industriais e equipamentos públicos. Uma gestão empresarial com preocupações sociais assegura a sustentabilidade do projeto gerido pelos órgãos sociais onde estão representados todos os municípios, que são os únicos acionistas da empresa.O conselho de administração integra os presidentes de câmara de Coruche, Benavente e Torres Novas que não são remunerados.A maioria dos 165 colaboradores da AR foi cedida pelos municípios acionistas e também nesta matéria foi possível garantir economias de escala com um rácio de 2,1 trabalhadores para 1000 clientes, muito inferior à maioria das entidades gestoras do setor.A missão é continuar a assegurar um serviço de excelência que garanta o fornecimento contínuo de água com qualidade e a drenagem e tratamento de águas residuais dos cerca de 150 000 utilizadores.O lema da Águas do Ribatejo é “Juntos, Estamos a construir o Futuro”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo