uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Estacionamento pago na zona antiga da Póvoa de Santa Iria divide moradores e comerciantes

Estacionamento pago na zona antiga da Póvoa de Santa Iria divide moradores e comerciantes

Parquímetros vão ser instalados após conclusão das obras do projecto Eco-Bairros e visa ajudar o comércio
Edição de 27.11.2013 | Sociedade
Quando acabarem as obras do projecto de regeneração urbana do Eco-Bairros o estacionamento na zona antiga da Póvoa de Santa Iria vai ser a pagar. Está já confirmada a instalação de parquímetros na Rua da República e artérias paralelas e perpendiculares. A situação está a dividir moradores e comerciantes e a câmara até já pediu à junta de freguesia para sensibilizar os moradores das ruas abrangidas que se queixam de não lhes serem atribuídas isenções.A Câmara de Vila Franca de Xira justifica a medida com as dificuldades de estacionamento actuais e a necessidade “ promover a rotatividade do estacionamento” de modo a beneficiar o comércio. Mesmo com estas explicações há quem não concorde, como é o caso do morador Bento Monteiro. “A minha mulher é doente, dá-me jeito ter o carro perto da porta do meu prédio para a levar ao hospital ou ao médico. Se os parquímetros avançarem como vou fazer? Tirar o carro daqui e deixá-lo do outro lado da linha de comboio? Não faz sentido, quem vive aqui devia estar isento”, defende. Lizete Dias Nunes, que vive na Rua da República, considera que esta é uma zona onde há mais habitação de pessoas idosas do que comércio. “Os parquímetros não vão mudar nada e só vão contribuir para a câmara ganhar dinheiro”, acusa. Mas os comerciantes têm opinião contrária. Soraia Pires reconhece que os parquímetros são uma vantagem para o negócio porque “se as pessoas souberem que mesmo a pagar têm estacionamento rápido vêm aqui às compras”, diz a comerciante a O MIRANTE.O presidente da câmara, Alberto Mesquita, admite que a solução não vai agradar a toda a gente. “Não podemos estar fechados e temos de tentar encontrar soluções que minimizem os problemas”, sublinha. Os tarifários a aplicar são iguais aos que se praticam actualmente em Vila Franca de Xira, onde uma hora de estacionamento custa 53 cêntimos. Quem precise de deixar o carro estacionado durante oito horas terá de pagar 4 euros e 24 cêntimos. Recorde-se que desde 2010 que é falada a possibilidade de implementar o estacionamento pago na zona antiga da Póvoa. O projecto Eco-Bairros integra-se no eixo das Parcerias para a Regeneração Urbana do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e pela primeira vez visa apoiar acções integradas de promoção da sustentabilidade, através de projectos-piloto de gestão de energia, água, resíduos, transportes, mobilidade e espaço público. Foram aprovadas duas candidaturas, uma de Lisboa (Bairro da Boavista) e outra de Vila Franca de Xira (centro histórico da Póvoa de Santa Iria), que terão 6,8 milhões de apoios comunitários.
Estacionamento pago na zona antiga da Póvoa de Santa Iria divide moradores e comerciantes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...