uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

GNR de Tomar investiga abate de mais de cem sobreiros na Beselga

Edição de 27.11.2013 | Sociedade
Mais de uma dezena de hectares de sobreiros foram abatidos, na passada semana, numa quinta na freguesia de Beselga, em Tomar, o que para a associação ambientalista Quercus se traduz numa “clara violação da legislação”. Contactado por O MIRANTE, o SEPNA - Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente da GNR de Tomar confirma o abate de sobreiros na Quinta de Cima e que tal intervenção já havia sido fiscalizada pelo SEPNA na tarde de 21 de Novembro, ou seja, antes da denúncia pública da Quercus. “Aguarda-se pelos documentos dos proprietários das árvores intervencionadas e do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, afim de aferir se efectivamente houve ou não alguma ilegalidade relativamente a esta matéria”, revela a mesma fonte do SEPNA ao nosso jornal.De acordo com o comunicado da Quercus, emitido na sexta-feira, 22 de Novembro, elementos desta associação deslocaram-se ao local para confirmar o abate de sobreiros e verificaram ainda o corte e arranque de mais de uma centena de sobreiros verdes adultos, em povoamento, mas também de azinheiras e carvalhos portugueses num sobreiral que consideram “muito importante em termos ecológicos, dada a diversidade de espécies da flora e fauna presentes”. Realçam ainda que a zona afectada se situa entre um eucaliptal e áreas agrícolas e constitui a maior mancha de sobreiros existente no concelho de Tomar. A Quercus remeteu a denúncia para o SOS Ambiente e Território, solicitando a intervenção e esclarecimentos ao Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente da GNR e ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...