uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Ainda há quem chame presidente a Maria da Luz Rosinha

Edição de 04.12.2013 | Sociedade
A ex-presidente da Câmara de Vila Franca de Xira apareceu pela primeira vez numa iniciativa pública no 45º aniversário da Fundação CEBI. Mais de um mês depois de ter passado a pasta a Alberto Mesquita, que foi seu vice-presidente, ainda há pessoas que tratam Maria da Luz Rosinha por presidente. A ex-autarca, que liderou o município durante 16 anos, reconhece que há hábitos difíceis de quebrar. “Foram largos anos a fazer diariamente o mesmo caminho” sublinha Rosinha. Ao fim de tantos anos de gestão camarária é difícil de um momento para o outro largar a vida autárquica e Maria da Luz Rosinha confessa que há dias em que as saudades apertam. Mas admite que tem conseguido lidar com a situação e até melhor do que estava à espera. “É preciso organizar a cabeça para fazer face a estes momentos” explica a ex-autarca conhecida por gerir o município com mão de ferro controlando as contas ao cêntimo. Agora ocupa o tempo dedicando-se à família e às causas sociais. A ex-presidente explica que este é apenas um período menos ocupado da sua vida. “É óptimo aproveitar este descanso porque coincide com a época natalícia que eu adoro. Está a permitir-me ter uma disponibilidade para fazer coisas que habitualmente não fazia” confessa a socialista que mantém o suspense quanto ao futuro. “Tenho projectos que passam pela Área Metropolitana de Lisboa, mas logo que tudo esteja resolvido falarei melhor sobre o assunto”, diz, acrescentando que para Janeiro deve haver novidades. A ex-autarca foi homenageada na cerimónia de aniversário da CEBI pelo seu trabalho solidário e aproveitou para ressalvar a importância da Fundação que considera uma referência a nível nacional. Maria da Luz Rosinha recebeu também elogios do seu sucessor, Alberto Mesquita, que se dirigiu a Rosinha como a sua eterna presidente. “É uma sensação estranha estar a substitui-la mas também uma honra porque aprendi muito com ela” salientou.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...