uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Campeãs Europeias treinam no Forte da Casa

Campeãs Europeias treinam no Forte da Casa

Atletas da Associação de Karaté do Forte do Casa foram seleccionadas para a equipa nacional e arrecadaram o título europeu
Edição de 11.12.2013 | Desporto
Catarina Pires, Margarida Pereira e Inês André nunca mais vão esquecer a participação no Campeonato Europeu de Karaté Shotokan realizado na Póvoa de Varzim de 22 a 24 de Novembro. As duas primeiras fazem parte da equipa portuguesa que se sagrou campeã europeia na categoria de cadetes. Inês participou na prova de Kata que consiste na demonstração de um conjunto de movimentos de ataque e defesa. “Não há palavras para descrever o que sentimos no momento. Foi único”, afirma Catarina de 17 anos que sublinha o trabalho de equipa desenvolvido. “O apoio que nos deram foi essencial. Toda a gente acreditou no nosso esforço”, refere Inês André com a mesma idade.As três atletas começaram a praticar Karaté por influência de familiares. Margarida, a atleta mais nova com 16 anos, mora na Póvoa de Santa Iria e diz que foi o irmão mais velho que a trouxe para a modalidade. Já Inês entrou para o Karaté aos 9 anos graças à persistência da mãe. “Depois do primeiro treino chorei e disse que não queria voltar. Agora é difícil imaginar-me sem fazer isto”, confessa a karateca de Alverca que sempre treinou no Forte da Casa. As desportistas treinam praticamente todos os dias quando cumprem os compromissos da selecção e referem que nos campeonatos a exigência física é igual à exigência psicológica. “Tenho sempre tendência para pensar que as outras são melhores do que eu”, confessa Catarina que assim fica com mais vontade de ganhar os combates. Margarida explica que o melhor é lutar contra quem não se conhece. “Não sabemos do que vamos estar à espera e por isso somos mais espontâneas e fazemos a nossa luta”. O segredo para conseguir conciliar os estudos com os treinos é uma boa organização e gestão de tempo. “Em relação aos nossos colegas de escola temos menos tempo para estudar, no entanto, quando conseguimos alcançar resultados nas duas vertentes tudo compensa”, considera Inês que está no 12º ano e que quer ser engenheira química. Catarina anda no mesmo ano e sonha ser enfermeira enquanto que Margarida ainda está indecisa mas pretende enveredar pela área da fisioterapia.O “Sensei” Pedro Carreiro da Associação de Karaté Shotokan do Forte da Casa não podia estar mais satisfeito com a prestação das karatecas. “Já tivemos campeões nacionais mas é a primeira vez que temos campeões europeus”, ressalva Pedro que acredita na potencialidade das suas alunas para ir mais além. “O Karaté é um estilo de vida, o que se aprende aqui transpõe-se para o nosso comportamento no dia-a-dia”, esclarece o treinador ao mesmo tempo que sublinha a importância desta arte marcial na educação das crianças. “Muita gente mete cá os filhos porque é uma maneira de impor regras e limites de uma forma saudável”. As três atletas querem continuar ligadas à modalidade e o objectivo passa por trazer títulos nacionais para a equipa do Forte da Casa. A associação existe desde 1999 mas só há dois anos é que foi constituída juridicamente sob a orientação de Pedro Carreiro.
Campeãs Europeias treinam no Forte da Casa

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...