uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Mação promove comércio tradicional durante época natalícia

Edição de 11.12.2013 | Especial de Natal
Um concurso de montras de Natal, um sorteio para quem fizer compras no comércio local, música e animação de rua são algumas das actividades que vão animar as ruas de Mação durante a época de Natal.O projecto “Presépios em Espaço Público” desafia as instituições de solidariedade social, associações e também munícipes a fazerem presépios que fiquem bem visíveis e visitáveis pela população, entre os dias 13 de Dezembro e 6 de Janeiro. Todos os participantes recebem um prémio pecuniário de 75 euros, incluindo os três vencedores, sendo que os três finalistas serão ainda premiados com valores de 350 euros (1º lugar), 150 euros (2º lugar) e 100 euros (3º lugar).À semelhança de anos anteriores, realiza-se também durante esta época o Concurso de Montras de Natal que se destina a todos os comerciantes das várias freguesias do concelho de Mação. As três montras vencedoras recebem prémios no valor de 200, 100 e 75 euros, correspondentes ao 1º, 2º e 3º prémios.Quem fizer pelo menos 10 euros em compras nas lojas do comércio local de Mação, recebe um cupão de participação que o habilitará ao sorteio “Compre em Mação, compre com o Coração” que atribuirá 15 vales que variam entre os 250 e os 50 euros.No sábado, dia 21 de Dezembro, as ruas do centro histórico da Vila de Mação serão animadas com música e com a presença do Pai Natal que estará presente na Expo-Venda de Natal para oferecer um miminho às crianças.Para enriquecer a iluminação natalícia já existente, a autarquia de Mação lançou o desafio aos habitantes e comerciantes da vila para que montem e decorem um pinheiro a seu gosto à sua porta. Para o efeito, a autarquia oferece pinheiros, disponíveis junto ao edifício da câmara, que resultam dos trabalhos de limpeza da floresta.Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal de Mação, considera que “estas iniciativas são uma forma de dinamizar o comércio local apesar de termos bem presente que não são, de todo, a solução para os problemas que atravessam”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...