uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
A mota de António Colaço em exposição na sede do PS no Largo do Rato

A mota de António Colaço em exposição na sede do PS no Largo do Rato

A mota com que há mais de 40 anos António Colaço fez sindicalização agrícola em Abrantes está agora em exposição como obra de arte na sede do PS em Lisboa. Colaço abriu as portas do palacete cor-de-rosa a uma exposição que marca a sua primeira grande intervenção artística depois de se ter reformado.

Edição de 23.12.2013 | Cultura e Lazer
António Colaço abriu algumas das salas da sede nacional do Partido Socialista no Largo do Rato, em Lisboa, à pintura e escultura naquela que é a sua 34.ª exposição entre individuais e colectivas nos últimos 42 anos de actividade artística. António Colaço fez questão de referir esse pormenor na apresentação da exposição, dizendo que congratula-se com o feito, afirmando a propósito que o Poder não está dentro da sede dos partidos mas na forma como os dirigentes partidários trabalham lá dentro. Colaço elogiou António José Seguro, que usou da palavra no final, por ter deixado abrir a sede do Largo do Rato a uma exposição de arte e desabafou que nunca se deslumbrou com os lugares na política assumindo que durante os mais de vinte anos que esteve nos bastidores da política podia ter chegado a deputado mas não quis, contando, logo a seguir, ainda a propósito do deslumbramento, a história de um homem da sua terra que tinha o poder das fotocópias e que se valia disso para ser importante no meio onde trabalhava.A cadeira, o galo, a laranjeira, as gravatas e a balança são peças que António Colaço trabalhou para se transformarem em peças de arte e transmitirem as mensagens que fez questão de explicar à assistência que enchia um das salas mais luxuosas do palacete do Largo do Rato. No entanto a peça desta exposição mais em destaque encontra-se a meio da escada que nos leva ao primeiro andar: Colaço recuperou e tornou objecto de arte uma mota com mais de 40 anos que o autor comprou em Alvega e diz que usou a fazer sindicalização agrícola por todo o concelho de Abrantes nos meses quentes a seguir ao 25 de Abril de 1974.José Magalhães assina um belo texto biográfico sobre o autor no singelo catálogo da exposição e elogia o papel destacado de António Colaço no seio do grupo parlamentar do PS afirmando-o responsável pelo pioneirismo do partido na arte de introduzir a Internet no combate político.A exposição foi inaugurada no final da tarde de 18 de Dezembro e vai estar aberta ao público até 31 de Janeiro. O desafio de António Colaço é que toda a gente que passa junto ao Largo do Rato, e acha que a sede do PS é um edifício misterioso e inacessível, aproveite o pretexto da sua exposição para visitar uma casa que é também uma obra de arte.
A mota de António Colaço em exposição na sede do PS no Largo do Rato

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...