uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Diversificação e inovação são essenciais para conquistar mercados

Diversificação e inovação são essenciais para conquistar mercados

Couro Azul - Galardão Pequena e Média Empresa
Edição de 23.12.2013 | Galardão empresa do ano
Foi notícia ao tornar-se a mais recente fornecedora da emblemática marca Porsche, mas não se tratou de uma grande novidade. A Couro Azul, sedeada em Alcanena, há muito que produz para os principais construtores de automóveis de todo o mundo. Diariamente, são produzidos na empresa cerca de 11 mil revestimentos em couro para volantes mas o objectivo, em 2014, passa por atingir os 15 mil/dia, fruto da aquisição de novos equipamentos para a secção de corte.A Couro Azul foi criada em 1989, como resposta do Grupo Carvalhos à necessidade de diversificação do seu negócio para o sector automóvel, dada a estagnação do crescimento dos sectores de calçado e marroquinaria, até então os principais clientes da empresa-mãe, fundada em 1939 por António Nunes de Carvalho. O presidente do conselho de administração da Couro Azul desde há 15 anos, Pedro Carvalho, 56 anos, é um dos rostos da terceira geração desta empresa, com uma estrutura accionista e de gestão marcadamente familiar.O empresário recorda que o primeiro grande negócio - com a Opel - só chegou em 1994, cinco anos após a fundação da empresa, assente numa estratégia de aproximação gradual ao sector automóvel. À Opel seguiu-se a Volkswagen, em 1997, sendo que a empresa fornece, através dos quatro maiores fornecedores mundiais de sistemas de direcção, para grupos como o PSA (Peugeot e Citroen), a Smart, a Volvo, a Land Rover, a Fiat, a Mercedes, entre outros.A história do grupo reflecte, por um lado, a aposta na qualidade e inovação dos produtos como factores de competitividade e, por outro lado, a permanente diversificação de segmentos e diferenciação de produtos. Desde 1996, ano da introdução de uma tecnologia que permite a produção de couro sem crómio que a Couro Azul se tornou mais amiga do ambiente. Actualmente, a organização é composta pelas empresas António Nunes de Carvalho - que se dedica à produção de couro bovino para os sectores de calçado, marroquinaria e mobiliário - e a Couro Azul, criada de raiz para a produção de couro de bovino para o sector automóvel abraçando, mais recentemente, também o aeronáutico e ferroviário. A empresa tem 320 colaboradores e labora numa unidade com uma área coberta de 25 mil metros quadrados, representando 70% do volume de negócios de todo o grupo.Em 2012, a Couro Azul conseguiu atingir um volume de negócios de 20 milhões de euros, após um período de fortes constrangimentos no sector automóvel, verificados em 2009 e 2010. Em 2013, a empresa estima atingir um volume de negócios de 30 milhões de euros, números que pretendem ver crescer em 2014. Mais do que alcançar sucesso, a Couro Azul pretende, sobretudo, criar valor para que o negócio continue a singrar de geração em geração.
Diversificação e inovação são essenciais para conquistar mercados

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...