uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Vila Franca está a perder visitantes por não ter outro hotel

Presidente da câmara diz que o alojamento existente não chega e espera que investidores avancem
Edição de 23.12.2013 | Sociedade
O Presidente da Câmara de Vila Franca considera que a actual capacidade hoteleira de Vila Franca de Xira não chega para a procura e o concelho está a perder visitantes para Lisboa além de investimento na economia local. O que para o presidente da câmara justifica o investimento em mais uma unidade hoteleira. O problema é que não têm aparecido investidores interessados e por isso Alberto Mesquita considera que mesmo em tempo de crise há aqui uma oportunidade de negócio. O hotel na zona baixa da cidade “está sempre lotado”, constata o autarca. Na alteração do projecto de loteamento da urbanização da Malva Rosa, em Alverca, está reservado um espaço para a instalação de um hotel perto da estrada nacional. Mesquita explica que há interessados na construção mas que não há meio de os investidores avançarem. O presidente esclarece que a unidade hoteleira é essencial para atrair novos turistas ao concelho. Porque não basta fazer-se promoção turística do concelho se depois não há alojamento. A Malva Rosa é das maiores urbanizações de Vila Franca. Os primeiros apartamentos começaram a ser vendidos em 2006 e na altura promovia-se o local como sendo de luxo. Previa-se a instalação de escolas, creches, bancos, comércio, um instituto superior e uma unidade de saúde. Sete anos depois caíram por terra os projectos de instalação da unidade de saúde e do instituto superior. Os arranjos exteriores da urbanização, uma responsabilidade da firma promotora, a Obriverca, continuam por concluir. A Malva Rosa nasceu no local onde se encontravam as instalações da Mague.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...