uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Pedro Bacalhau de Samora Correia recebe bolsa de mérito pela dedicação aos estudos

Pedro Bacalhau de Samora Correia recebe bolsa de mérito pela dedicação aos estudos

Jovem que fez o secundário com média de 18 valores foi um dos três concorrentes ao prémio da Associação Família Beirão da Cruz e Silva
Edição de 30.12.2013 | Sociedade
Pedro Bacalhau, 18 anos, de Samora Correia, foi este ano o contemplado com a bolsa de mérito Professor Edgar Figueiredo da Cruz e Silva. O estudante de matemática que quer ser professor universitário desta disciplina concluiu o secundário com uma média final de 18 valores e recebe agora 500 euros de ajuda para as despesas com os estudos no ensino superior. O presidente do conselho executivo da Associação Família Beirão da Cruz e Silva, que atribui a distinção, lamenta que o montante não possa ser mais elevado. Cristóvão Beirão da Cruz e Silva sublinha que o objectivo é “premiar um estudante que se destaque pela sua excelência”.O estudante, que agora frequenta a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, não tem uma receita milagrosa para conseguir boas notas. Diz que é importante estar atento às aulas e empenhar-se nos estudos mesmo quando não se está na escola. Mas a vida não são só estudos e o jovem salienta que também é necessário haver momentos de descontracção e tempo para se conviver com os amigos. Pedro Bacalhau, antes de entrar na universidade, estudava na escola secundária de Salvaterra de Magos.Este foi o quarto ano que a associação atribuiu a bolsa de mérito e desta vez apenas concorreram três estudantes. Para Odete Cruz e Silva, o número de participações reflecte a diminuição de entrada de alunos no ensino superior. A inscrição esteve aberta a todos os residentes de Samora Correia que tenham frequentado o 12º ano em cursos de Ciências e Saúde e que tenham tido no mínimo 14 valores de média final. “Todos os candidatos foram entrevistados para tentarmos perceber qual era o mais empenhado”, revelou.A ideia do prémio nasceu após o falecimento do professor e investigador Edgar Figueiredo Beirão Cruz e Silva que leccionou na Universidade de Aveiro. A viúva, Odete Cruz e Silva, realçou que após a morte do professor “decidimos que era importante continuar a ajudar os jovens da nossa freguesia como ele”. Antes da entrega da bolsa de mérito, que decorreu no Palácio do Infantado, decorreu uma conferência pelo Coordenador do Programa e Metas Curriculares da Matemática, Filipe Oliveira, que se debruçou sobre o novo programa da disciplina no ensino básico. A cerimónia finalizou com a actuação dos alunos da Sociedade Filarmónica União Samorense.Edgar Figueiredo Beirão Cruz e Silva foi o grande dinamizador da Semana Internacional do Cérebro, que se realizou em Samora Correia, concelho de Benavente, durante dois anos. Faleceu a 2 de Março de 2010, com 51 anos, vítima de doença do foro oncológico.
Pedro Bacalhau de Samora Correia recebe bolsa de mérito pela dedicação aos estudos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...