uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Decisão sobre PDM de Benavente emperrada

Edição de 12.08.2015 | Sociedade
A decisão do Conselho de Ministros sobre o Plano Director Municipal (PDM) de Benavente está atrasada, o que motivou já vários apelos aos governantes por parte do presidente da câmara municipal, Carlos Coutinho. Aprovado em assembleia municipal, o plano não contempla o novo aeroporto de Lisboa, tendo, por isso, merecido reservas por parte do parecer da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT). Por esta razão, o plano teve de ser enviado para Conselho de Ministros, de onde a autarquia espera que saia a aprovação.A expectativa do município é de que a aprovação surja ainda nesta legislatura. “Falei com o Ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, no sentido de o sensibilizar para a urgência do assunto e falei igualmente com o gabinete do secretário de Estado, com o mesmo propósito, tendo recebido a garantia de que o agendamento será feito o mais breve possível”, afirmou Carlos Coutinho.O autarca informou ainda que a CCDR-LVT comunicou já à autarquia que o processo de revisão do PDM seguiu já para o Secretário de Estado do Ordenamento do Território. No entanto, como o governante está de férias, o dossiê só será agendado para Conselho de Ministros quando o mesmo regressar, o que só deve acontecer no final de Agosto.O PS voltou a criticar a decisão de não incluir no PDM a área do aeroporto, cujo projecto foi suspenso pelo Governo, alegando que há a forte possibilidade de o concelho vir a perder o aeroporto para o Montijo. “Em Benavente, o presidente da câmara tudo fez para empurrar o aeroporto do Campo de Tiro, situado na freguesia de Samora Correia. Recordamos que no concelho temos cerca de quatro mil desempregados e que o presidente da Câmara do Montijo prevê a criação desse mesmo número de empregos com a possível ida do aeroporto para lá”, refere o partido em comunicado.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...