uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
O vício das cartas

O vício das cartas

Edição de 19.08.2015 | Primeiro Plano
Um grupo de 12 amigos junta-se todos os dias no jardim de São Domingos, em Santarém, para jogar às cartas. Já o fazem há 20 anos, à tarde e à noite, e só há duas coisas que os impedem de ir jogar: o futebol, que seguem religiosamente pela televisão, e a chuva no Inverno. O mais velho do grupo, com 80 anos, é Antonino Barata, que diz que as cartas são uma forma de entretenimento. “Mas também não deixa de ser um vício porque jogamos todos os dias. Por exemplo, hoje há bola e a malta não vem cá à noite. Mas todos os dias jogamos. Acaba por ser um vício saudável”, explica. O grupo de jogadores joga em mesas de madeira. Por cima, uma cobertura protege-os do sol mas de Inverno não os protege da chuva e torna-se impossível jogar. Além da cobertura, outro problema apontado é o da iluminação. Quanto aos rapazes que aparecem à noite e que ocupam outras mesas do jardim, nunca houve qualquer problema. “Vêm para aí fumar mas nunca se meteram connosco. Respeitam as nossas idades”, conta Antonino. Pedro Costa
O vício das cartas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...