uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Jovens de Povos sem luz para poderem praticar desporto

Jovens de Povos sem luz para poderem praticar desporto

Ringue desportivo que existe no bairro há décadas não tem iluminação a funcionar e impede que quase 40 jovens, entre os 5 e os 15 anos, joguem futebol depois das 18h00. Presidente da câmara admite que o assunto tem de ser estudado e resolvido.

Edição de 04.11.2015 | Sociedade
Quatro dezenas de jovens, com idades entre os 5 e os 15 anos, estão impossibilitados de jogar futebol no ringue desportivo de Povos depois das 18h00 porque o espaço não tem iluminação pública. O problema foi minorado durante o Verão porque a luminosidade dos dias mais longos permitia a prática desportiva até cerca das 20h00, mas no horário de Inverno isso tem sido impossível.No final do mês o grupo ainda conseguiu realizar treinos no local e chegou a recorrer a um gerador para criar luz artificial. Mas nas últimas semanas os treinos têm sido feitos praticamente às escuras. “Logo que escurece, já não dá para ninguém praticar desporto. A única coisa que pedimos é que nos deixem usar uma extensão do centro comunitário para ligarmos umas luzes”, apela Nuno Onça, um dos dirigentes do grupo Ases de Povos, colectividade que tem dinamizado o bairro com várias actividades nos últimos meses. “É preciso ocupar os jovens e afastá-los dos maus caminhos e esta é uma boa forma de o conseguirmos. Temos o recinto, só precisamos da iluminação e da vossa ajuda”, apelou, durante a última reunião pública de câmara.O presidente do município, Alberto Mesquita (PS), elogiou a vontade do grupo de moradores em ter “um olhar diferente sobre o bairro” e considerou que a iniciativa é “louvável”. O autarca deixou o compromisso de analisar a situação e estudar uma solução para o problema, embora sem definir uma data para a sua concretização. “Temos de encontrar uma solução que permita compatibilizar a prática desportiva. Mas ter ali iluminação durante toda a noite não me parece boa ideia, senão depois teremos os moradores a queixar-se que anda lá gente a jogar de noite. Tem de haver regras”, notou.Fátima Antunes, vereadora com o pelouro do desenvolvimento social, informou que no âmbito da requalificação e reactivação da antiga escola básica nº1 de Povos será possível tentar encontrar uma solução para a falta de iluminação do polidesportivo.
Jovens de Povos sem luz para poderem praticar desporto

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...