28º Aniversário | 18-11-2015 11:49

Uma pedreira transformada em monumento

No Verão de 1994 três jovens descobriram na chamada Pedreira do Galinha, junto à localidade do Bairro, no concelho de Ourém, um dos maiores achados do século passado em Portugal – vários trilhos de dinossáurios, que habitaram a terra há milhões de anos. A conciliação entre a preservação da descoberta, com elevado valor científico, e a extracção de pedra revelou-se impossível e obrigou a uma morosa negociação entre o Governo e o proprietário da pedreira, o empresário Rui Galinha. O processo fez correr muita tinta e foi uma das “batatas quentes” mediáticas com que o então recém-eleito primeiro-ministro António Guterres teve de se confrontar no início do mandato. Em 1996 chegou-se a acordo: Rui Galinha recebeu 4,5 milhões de euros, com a condição de deixar a pedreira até final desse ano. E, assim, onde se extraía brita para a construção civil está hoje instalado o Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios da Serra D’Aire e Candeeiros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1359
    11-07-2018
    Capa Médio Tejo