uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Porrada, mocada ou martelada?

Edição de 18.11.2015 | Cavaleiro Andante
As relações entre a Câmara de Rio Maior e a empresa Águas de Lisboa e Vale do Tejo (sucessora da Águas do Oeste) andam inquinadas há alguns anos e não se prevêem melhoras. Ainda na última reunião do executivo municipal foram várias as vozes que zurziram na empresa que fornece água potável ao município. E houve até um vereador, o comunista Augusto Figueiredo, que se alistou como voluntário para um possível conflito bélico entre as duas entidades. “Estou disponível para dar porrada na Águas de Lisboa e Vale do Tejo no que preciso for”, afirmou. Mas não com as famosas e, para ele, de má memória mocas de Rio Maior, como alguém tinha sugerido com humor. “Os comunistas não dão mocadas, dão marteladas...”, elucidou. Ou seja, Figueiredo está disponível para a batatada mas só com armas em que tenha a indispensável confiança política.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...