uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Antigo Centro de Saúde de Azambuja vai ser hospital

Antigo Centro de Saúde de Azambuja vai ser hospital

Apoio financeiro da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa será fulcral
Edição de 18.11.2015 | Sociedade
O antigo Centro de Saúde de Azambuja vai ser um hospital de cuidados continuados com capacidade para 40 camas. O acordo entre a proprietária, a Santa Casa da Misericórdia de Azambuja (SCMA), e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) para que haja um apoio financeiro para a obra está praticamente concluído e possibilita que o hospital possa ser uma realidade já no próximo ano.“Temos a hipótese de recuperar o edifício para um hospital de cuidados continuados. Estamos na fase final de estabelecer a parceria com a SCML para termos apoio financeiro para avançar com o projecto e com a obra. Falta ainda uma reunião final que vamos ter ainda este ano”, explicou Manuel Cruz Ferreira, provedor da SCMA.O edifício está abandonado desde 2009 e, recentemente, tem sido alvo de vandalismo, apresentando janelas partidas, portões arrombados, vestígios de presenças durante a noite, além de um extenso matagal e da quantidade de gatos que utiliza o local para pernoitar. Esta solução vai permitir reabilitar o espaço.“Não vamos conseguir intervir de imediato na totalidade do imóvel, mas vamos trabalhar no espaço o suficiente para termos uma oferta de 40 camas que muita falta fazem”, explicou o provedor.Mas a intenção da SCMA não se fica por aqui. Com o apoio financeiro praticamente garantido para esta primeira fase, a instituição está já a traçar planos para apresentar uma candidatura a fundos europeus para poder abrir, no restante espaço, uma unidade de residências seniores.“Para esta primeira fase temos já apoio total da SCML e o anteprojecto feito. Para a segunda fase vamos concorrer aos fundos do Portugal 2020. “Vai ser algo semelhante ao que se faz, por exemplo, na Misericórdia do Cartaxo e estamos convencidos que vamos conseguir concretizar os dois projectos a breve trecho”, afirma.Este segundo investimento visa a recuperação total das instalações que ficam no topo da Rua Dr. Jaime Abreu da Mota, que serão dotadas de serviços diversos como fisioterapia, hidromassagem e outras valências dirigidas ao escalão etário em questão.
Antigo Centro de Saúde de Azambuja vai ser hospital

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...