uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Tertúlias querem ser parceiras na promoção da festa brava em Vila Franca de Xira

Tertúlias querem ser parceiras na promoção da festa brava em Vila Franca de Xira

Primeiro Congresso de Tertúlias Tauromáquicas mostrou que as tertúlias querem um papel mais interventivo na promoção da cidade através da cultura tauromáquica e da participação na organização de eventos.

Edição de 25.11.2015 | Cultura e Lazer
Apostar forte na promoção das tertúlias tauromáquicas como produto turístico e de promoção de Vila Franca de Xira e tornar as tertúlias parceiras no planeamento das festividades tauromáquicas são duas das fortes conclusões que se retiram do 1º Congresso de Tertúlias Tauromáquicas organizado pela Confederação de Tertúlias de Vila Franca de Xira. O evento, que serviu para reflectir sobre os objectivos da recém-criada confederação das tertúlias tauromáquicas do concelho, juntou no dia 14 de Novembro mais de 100 participantes com tertulianos de todo o país, representantes da confederação internacional de tauromaquia e público aficionado. Os trabalhos decorreram nas instalações do quartel dos bombeiros da cidade e foram inaugurados pelo presidente da câmara, Alberto Mesquita, que deu nota de que a autarquia “tem expectativas elevadas para o resultado dos trabalhos deste congresso”, ao mesmo tempo que salientou a importância “do sector e cultura tauromáquicas para o concelho e sobretudo para a cidade”.Foram formados quatro grupos de trabalho com as seguintes temáticas: As Tertúlias na Promoção da Festa de Toiros no Concelho de Vila Franca de Xira; Património e cultura taurina; As Tertúlias e as Festas de Toiros; e Organização e Representação das Tertúlias nas instâncias de regulação da festa.No primeiro painel, moderado por Marques Fernandes, da tertúlia Zás e Vira, o contributo que as tertúlias podem dar à cidade do ponto de vista promocional foi um dos tópicos mais acesos. “As tertúlias vão colocar à disposição da câmara o espólio e o património para o que entenda necessário. Vai ser proposto, para colocar no posto de turismo, um roteiro turístico das tertúlias para todo o ano. Através da confederação vamos igualmente propor à autarquia traçar um plano de actividades junto dos agrupamentos escolares para promover visitas às tertúlias. Ficou igualmente assente que vamos propor que as tertúlias sejam integradas na planificação dos eventos taurinos”, explicou Marques Fernandes.Outro painel bastante participado foi o das tertúlias e as festas de toiros. Liderado por Vítor Batalha, membro da confederação, daí saíram várias conclusões. “Ficou decidido que a confederação, no que diz respeito aos espectáculos na Palha Blanco, terá de fazer, no final da época, um relatório da qualidade das corridas enquanto espectáculo, apreciando alguns aspectos técnicos. Ficou igualmente decidido propor a compra de bilhetes com um preço especial para tertulianos. Saíram igualmente recomendações para que, nas várias esperas de toiros, os recortadores deixem os animais passar de forma mais fluida para outras zonas, reconhecendo que em 2015 houve já grandes melhorias”, explicou.Os trabalhos duraram um dia inteiro e tiveram, da parte da tarde, actividades taurinas com demonstrações da Escola de Toureio José Falcão. As conclusões foram apresentadas realçando o espírito de união que a confederação quer trazer às tertúlias.
Tertúlias querem ser parceiras na promoção da festa brava em Vila Franca de Xira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...