uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Escola Superior de Educação de Torres Novas fecha por falta de alunos

Escola Superior de Educação de Torres Novas fecha por falta de alunos

No final do corrente ano lectivo encerra as portas o estabelecimento de ensino, propriedade da Diocese de Santarém. Falta de alunos e exigências do Ministério da Educação ditaram o desfecho. A exploração já era deficitária há alguns anos.

Edição de 25.11.2015 | Sociedade
A Escola Superior de Educação de Torres Novas encontra-se em processo voluntário de encerramento devido à falta de alunos que tornou a sua exploração deficitária há já vários anos. A Diocese de Santarém, proprietária do estabelecimento de ensino, comunicou a sua decisão ao Ministério da Educação e Ciência e o aviso foi publicado em Diário da República em 18 de Junho de 2015. Este ano já não houve matrículas de novos alunos.O processo de encerramento progressivo teve início no ano lectivo de 2014-2015 e ficará concluído no final deste ano lectivo. A progressiva perda de alunos, fenómeno com que se tem confrontado também o ensino público, e as exigências colocadas pelo Ministério da Educação e Ciência no que toca à qualificação do corpo docente e às instalações levaram a este desfecho. A escola é actualmente frequentada por 15 alunos.O padre Aníbal Vieira, vigário geral da Diocese de Santarém, diz a O MIRANTE que a manutenção da escola era insustentável devido ao acentuado decréscimo de alunos verificado nos últimos anos, agravado pela concorrência de escolas públicas com as mesmas características em Santarém e em Leiria, com valores de propinas muito mais baixos.O sacerdote acrescenta que foram feitas parcerias com entidades privadas nos últimos anos, na tentativa de garantir a sobrevivência daquela instituição de ensino, nomeadamente com a implementação de cursos de pós-graduação, mas o fim era inevitável. E daí a opção pelo encerramento voluntário. Actualmente nas instalações da Escola Superior de Educação de Torres Novas, na Quinta de Santo António, já funciona o Liceu Técnico dos Navegantes, ligado ao Colégio dos Navegantes, com ensino de cariz vocacional.A Escola Superior de Educação de Torres Novas, considerada estabelecimento de ensino superior politécnico não integrado, foi criada em 1988 e está vocacionada para a formação de professores. Chegou a ter 250 alunos inscritos por ano. A instituição substituiu a Escola do Magistério Primário de Torres Novas criada em 1962.
Escola Superior de Educação de Torres Novas fecha por falta de alunos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...