uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
“Vandalismo não é arte urbana”

“Vandalismo não é arte urbana”

Presidente da Câmara de Santarém critica quem suja muros e paredes de edifícios com grafites e apela ao civismo da população.
Edição de 25.11.2015 | Sociedade
A profusão de grafites nas paredes de edifícios da cidade levou o presidente da Câmara de Santarém a lançar um apelo ao civismo. “Vandalismo não é arte urbana” lê-se na imagem que Ricardo Gonçalves colocou na sua página na rede social Facebook, onde surgem exemplos de paredes com desenhos ou com letras pintadas. Uma das imagens é do antigo matadouro, recentemente requalificado para receber uma Loja do Cidadão e que já tem as paredes sujas por grafites.Por cima da imagem colocada no Facebook, está a mensagem do autarca: “Caros Munícipes, em vários locais somos confrontados com este tipo de vandalismo que em nada embeleza a nossa Cidade. A Arte Urbana diferencia-se por ser uma manifestação artística que não se compara com estes actos de vandalismo. Apelamos ao civismo de toda a população”.No mês passado, Ricardo Gonçalves tinha feito apelo semelhante, mas aí visando a erradicação dos actos de vandalismo contra contentores do lixo e ecopontos. “Caros munícipes, semanalmente somos confrontados com vandalismo nos contentores de lixo e ecopontos. Situações como estas são muito dispendiosas para o nosso concelho e todos nós ‘pagamos’ por isto. Apelamos ao civismo de toda a população”, dizia o autarca numa publicação no Facebook datada de 9 de Outubro, ilustrada com imagens de equipamentos destruídos pelo fogo acompanhadas pela legenda “Não destrua o que é de todos”.
“Vandalismo não é arte urbana”

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...