uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Imbatível Manuel Serra d’Aire

Edição de 03.03.2016 | E-mails do outro mundo
Também eu fiquei estupefacto com o empenho com que dois deputados ribatejanos, o bloquista Carlos Matias e o socialista Hugo Costa, defenderam na Assembleia da República as alheiras de Mirandela. Não que as alheiras não mereçam, mas, caramba, já não há transmontanos de rija têmpera capazes de defender os seus (deles) enchidos? E que pensarão disto os aficionados do presunto de Mação, da morcela de arroz de Rio de Moinhos ou da cachola de Alcanena? Não merecerão esses produtos igual atenção por parte dos nossos deputados? Ou faltou-lhes assunto e deu-lhes para encher chouriços só para a fotografia?Em Tomar o respeito pelo passado é levado muito a sério e por isso não admira que o processo de votação do orçamento participativo organizado pelo município tenha sido uma espécie de réplica das eleições nos tempos da ditadura salazarista, em que até os mortos votavam. A coisa não terá chegado a tanto, mas não deixa de ser curioso que se tenha decidido repetir a votação dos projectos por ter sido detectado que houve a introdução de milhares de dados falsos que adulteraram o processo de votação, permitindo que a mesma pessoa votasse mais do que uma vez.O presidente da distrital de Santarém do PS vai recandidatar-se ao cargo. Nada de surpreendente, tendo em conta a excelente prestação que António Gameiro conseguiu neste último ano e meio, em que o seu trabalho foi bastante reconhecido. Não são muitos os políticos da região, e até do país, que se podem gabar de serem condenados em tribunal ou apanhados em escutas telefónicas no âmbito de investigações policiais que têm um ex-primeiro-ministro como arguido. E a verdade é que Gameiro até já tem o apoio de alguns adversários das eleições anteriores, como o da presidente da Câmara de Abrantes, que assim demonstrou não ter ficado ressabiada com a derrota de há ano e meio. Afinal, como diz o povo, se não podes vencê-los, junta-te a eles...Aliás, o desempenho de Gameiro tem sido tão convincente - o seu trabalho como deputado é notável, reconhecido além-fronteiras e até em Ourém - que não houve um socialista que se atravessasse no seu caminho, deixando-o percorrer triunfalmente a passadeira vermelha que o leva a mais um mandato como chefe dos socialistas ribatejanos e australianos. E todos sabemos como os socialistas gostam de uma boa peleja eleitoral. Tal como, aliás, o PSD, onde o líder distrital Nuno Serra, colega de Gameiro no quentinho da Assembleia da República, também não teve concorrência. Adivinham-se pois duas eleições com resultados à PCP, com os queridos líderes incensados pelas massas e sem ondas, vá lá saber-se porquê…A presidente da Câmara de Tomar, a socialista Anabela Freitas, anda há um ano para agendar para reunião de câmara uma proposta dos vereadores do PSD, chutando para canto sempre que lhe perguntam quando é que isso vai acontecer. Quem não estiver por dentro pode pensar que a proposta é incómoda ou impraticável, mas não! Trata-se apenas de propor a criação de um gabinete de apoio aos empresários do concelho. O mais engraçado é que a teimosa autarca diz que se o PSD não gosta que leve o caso para tribunal. Esqueceu-se de dizer, claro, que, no final, se as coisas lhe correrem mal, quem paga a factura não é ela. Mas uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. E o pagode cá está para aturar e pagar os caprichos de gente que se julga ungida por um qualquer dom divino.Saudações eleitorais do Serafim das Neves

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...