uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Almeirim a caminho de ser um grande centro da Protecção Civil

Almeirim a caminho de ser um grande centro da Protecção Civil

Concurso para construção do comando distrital deve avançar este mês
Edição de 06.04.2016 | Sociedade
A Unidade de Reserva Logística Nacional e o Parque de Veículos do Centro Táctico de Comando da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), já começaram a ser construídos em dois lotes de terreno na Zona Industrial. Os espaços foram cedidos pelo município de Almeirim, por 20 anos, à ANPC. Prevê-se que a obra esteja concluída até ao final de 2016. O contrato de adjudicação da empreitada entre a autarquia e a CIP Construção, SA, empresa que vai construir a infraestrutura, já tinha sido assinado em Dezembro do ano passado e o valor da empreitada ronda os 710.000 euros. Com o início da construção destes equipamentos vai também avançar, segundo se prevê ainda este mês, o concurso para a empreitada do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), que actualmente funciona em instalações arrendadas no Lezíria Retail Park. “Se tudo correr como previsto será lançado o concurso ainda durante o mês de Abril”, explica o presidente da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro, a O MIRANTE. O parque de viaturas e a unidade de reserva ficam junto à Base Permanente da Força Especial de Bombeiros (FEB), uma obra de 450.000 euros inaugurada há um ano. Num total de 1.600 metros quadrados de área coberta, a Unidade de Reserva Logística tem reservadas áreas de trabalho para a recém-criada Brigada Logística da FEB, a quem será entregue a operacionalização desta unidade. No novo edifício ficarão armazenados todos os equipamentos operacionais da ANPC, com excepção dos destinados a ajuda humanitária, que continuarão armazenados na Base Aérea de Sintra. O Parque de Veículos Operacionais Nacionais, visa acomodar os veículos que compõem o Centro Táctico de Comando, como o veículo mortuário, o veículo de apoio alimentar, o veículo frigorífico, entre outros. A primeira pedra destes equipamentos foi colocada, no dia 2 de Abril, pelo secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, e pelo presidente da câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro. Com estes equipamentos, Almeirim transforma-se num grande centro de protecção civil a nível nacional. O autarca chamou-lhe mesmo ‘Campus da protecção civil e do socorro” ao serviço “da região e do país”. Pedro Ribeiro acrescenta ainda que vão ser “fixados no concelho cerca de 100 postos de trabalho que diariamente fazem da cidade o seu local de trabalho”. Cerca de 60 desses postos de trabalho já estão fixados, são os “canarinhos” da Força Especial de Bombeiros. “Canarinhos” e bombeiros municipais na agenda do secretário de EstadoO secretário de Estado afirmou a sua intenção de resolver rapidamente a situação dos profissionais ao serviço da Força Especial de Bombeiros, que se encontram “sem carreira e sem saber sequer qual é a sua entidade patronal” (tal como acontece com os operadores dos CDOS, que obedecem à ANPC mas são pagos através da Escola Nacional de Bombeiros). “Este é um assunto que me traz angustiado”, disse, adiantando que quer “a situação perfeitamente definida”, ficando esta força directamente dependente da ANPC.O secretário de Estado disse ainda estar a trabalhar sobre a carreira dos bombeiros municipais, considerando que a lei, com 14 anos, se encontra “desadequada”, sendo necessário “resolver rapidamente” a questão das promoções e das remunerações. Jorge Gomes que pensa conseguir resolver a questão através de uma norma de excepção, a exemplo do que aconteceu com as forças de segurança.
Almeirim a caminho de ser um grande centro da Protecção Civil

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...