uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Cooperação entre empresas e exportações do sector alimentar debatidos em Santarém

Cooperação entre empresas e exportações do sector alimentar debatidos em Santarém

Roadshow Portugal Global, promovido pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, deu destaque à cadeia logística do sector agro-alimentar e ao mercado holandês.

Edição de 13.04.2016 | Economia
A segunda sessão do Roadshow Portugal Global de 2016, a AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal decorreu em Santarém no dia 6 de Abril, sob o mote da cooperação e competição no sector agro-alimentar. A cadeia logística do sector agro-alimentar e o mercado holandês foram os destaques da sessão, que decorreu no Convento de São Francisco e no Centro de Inovação Empresarial.A sessão de abertura contou com as presenças da presidente da Nersant, Salomé Rafael, do presidente da AICEP, Miguel Frasquilho e do presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves. O autarca disse esperar que os fundos comunitários do Portugal 2020 “permitam implementar muitos negócios em Santarém”, tendo em conta que esta região “é muito heterogénea, o que nos permite alavancar muitos empreendimentos”.Salomé Rafael defendeu que a abordagem aos mercados externos “é o caminho”, salientando a “atenção que o Ribatejo e a região têm tido ao nível do crescimento, inovação e internacionalização”. A presidente da Nersant lembrou ainda que “as exportações têm vindo a acentuar-se, apesar das dificuldades”.Miguel Frasquilho, presidente da AICEP, defendeu que “Portugal precisa de aumentar o peso das exportações no PIB” e considerou que o sector agro-alimentar de Santarém tem margem para crescer internacionalmente”. Segundo o presidente da AICEP, “as exportações estão a evoluir de forma positiva, mas há ainda um longo caminho a percorrer para alcançar os níveis dos países comparáveis”.Para Miguel Frasquilho, “a região tem ainda uma grande margem de progressão para aumentar a receita com as exportações, que atingiu 1,4 mil milhões de euros no ano passado”, defendendo que “o sector agro-alimentar deve ainda repensar a logística das actividades, e para isso pode aprender com o exemplo da Holanda, que é um importante parceiro de negócios”.Santarém foi a segunda cidade a receber a edição de 2016 do Roadshow Portugal Global, organizada pela AICEP Portugal Global - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E, em parceria com a Câmara de Santarém.
Cooperação entre empresas e exportações do sector alimentar debatidos em Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...