uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Rede de saneamento no concelho de Santarém praticamente concluída

Rede de saneamento no concelho de Santarém praticamente concluída

Águas de Santarém inaugurou novos equipamentos na cidade e em Abrã. Estação elevatória da ribeira das Fontainhas e ETAR de Abrã representam um investimento total na ordem dos 3,4 milhões de euros.

Edição de 27.04.2016 | Economia

A empresa municipal Águas de Santarém inaugurou na tarde de quinta-feira, 21 de Abril, dois novos equipamentos da rede pública de saneamento básico: a estação elevatória da ribeira das Fontainhas, nos arredores de Santarém, e a ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais) de Abrã, no norte do concelho.
A estação elevatória é considerada uma infraestrutura de grande importância pois vai permitir a expansão da rede de esgotos a diversas localidades na periferia da cidade, pondo fim às fossas sépticas. O equipamento vai receber as águas residuais de vários pontos e enviá-las para a ETAR de Santarém. No total representou um investimento de 2.627.319 euros, incluindo estação elevatória, emissários e conduta elevatória.
Já em Abrã, foi construída uma ETAR pioneira no concelho recorrendo ao tratamento biológico dos esgotos domésticos com recurso a macrófitas (plantas aquáticas). Um método utilizado em aglomerados populacionais de menores dimensões. Neste caso, o projecto foi estimado para servir uma população de 420 habitantes. O valor global da obra foi de 793.914 euros.
Estas obras fazem parte de um plano global que visou dotar o concelho de uma cobertura de 94% na área do saneamento básico, como recordou no seu discurso o presidente da Câmara de Santarém e do conselho de administração da Águas de Santarém, Ricardo Gonçalves. Ao todo foram investidos 43 milhões de euros nos últimos anos, com comparticipação da União Europeia. Actualmente estão em fase de arranque os últimos sistemas desse ciclo de investimentos.
No entanto o autarca diz que se está a entrar num novo ciclo e que há mais obras no horizonte, estando já a ser preparadas as candidaturas para a ampliação da ETAR de Santarém - pois há mais pessoas ligadas à rede pública de saneamento - e da estação elevatória de São Bento.
A esse propósito, o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, referiu que o Banco Europeu de Investimento (BEI) poderá disponibilizar financiamento a juros baixos para ajudar os municípios a suportarem a parte que não seja comparticipada por fundos europeus. O governante deu ainda os parabéns ao município de Santarém por ter concretizado estes investimentos que lhe permitem cumprir os níveis de cobertura exigidos pela União Europeia, recordando que no país ainda há muito a fazer nesse capítulo.
Já o presidente da Junta de Freguesia de Abrã, Rui Ferreira, agradeceu a obra, mesmo sendo “tardia”, referindo que vai proporcionar mais qualidade de vida às pessoas e é uma mais valia a nível ambiental.

Rede de saneamento no concelho de Santarém praticamente concluída

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...