uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Câmara de Mação aprova orçamento de 11 milhões de euros para 2017

A construção do núcleo museológico na Ortiga”, nas antigas instalações da escola primária, e a criação de um “ninho de empresas/centro de negócios” na zona industrial de Mação são alguns dos projectos para o próximo ano.

Edição de 02.11.2016 | Política

A Câmara de Mação, de maioria PSD, aprovou as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2017, num valor que ascende a mais de 11 milhões de euros, tendo o PS optado pela abstenção. Vasco Estrela, presidente da Câmara de Mação, revelou que o orçamento terá um acréscimo de 11.381 euros em relação ao orçamento do ano anterior, mantendo “as mesmas linhas de actuação” da autarquia nos três anteriores anos de mandato e no seguimento do Plano Estratégico 2025 apresentado pelo executivo de maioria PSD para o concelho.
Vasco Estrela destaca os investimentos a efectuar e as áreas de actuação mais importantes tendo apontado a acção social e apoio à família, com o “alargamento da comparticipação do pagamento de livros escolares até ao 12.º ano e um Centro de Actividades Ocupacionais para Pessoas e Jovens Deficientes em Mação”.
No âmbito cultural e empresarial, o autarca relevou a “reabilitação do piso inferior do Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado no Vale do Tejo e a construção do núcleo museológico na Ortiga”, nas antigas instalações da escola primária, a par da criação de um “ninho de empresas/centro de negócios” na zona industrial para “dar possibilidade aos empresários e agentes económicos de terem, a preços muitos competitivos e aliciantes, espaços onde possam desenvolver a sua actividade”.
Em matéria de desporto e lazer, Estrela apontou os projectos de “construção de uma zona de lazer com piscina na freguesia de Envendos”, em parceria com a junta de freguesia local, e também em colaboração com a Junta de Freguesia de Cardigos, “a requalificação do espaço público” na sede de freguesia e a “reconstrução de uma zona de lazer e de um parque infantil”.
Quanto às infraestruturas e às obras públicas, o autarca disse estar para “muito breve” o início da reabilitação do acesso sul a Mação. “Se não houver nada em contrário no próximo dia 2 [de Novembro] essa obra terá o seu início, com prazo de execução de 6 meses”.
O documento foi aprovado pela maioria PSD, e contou com a abstenção dos vereadores do PS que entendem que o documento “não vem acrescentar novidade, e que se nota “falta de foco”. O orçamento ainda terá de ser submetido a votação em sede de assembleia municipal.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...