uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Quem quer vencer tem que acreditar nas suas potencialidades e trabalhar muito

A satisfação dos distinguidos com os prémios “Galardão Empresa do Ano”

É nos momentos de dificuldade que os empresários são postos à prova e têm oportunidade de crescer e inovar. Esta foi uma das principais ideias divulgada pelos distinguidos com os prémios Galardão Empresa do Ano, iniciativa do jornal O MIRANTE e da Nersant - Associação Empresarial da Região de Santarém. A persistência, o trabalho continuado, a procura da inovação e a constante modernização e o acreditar nas capacidades que se têm, foram outros aspectos realçados.
“Somos uma empresa cem por cento exportadora e apesar de enfrentarmos uma conjuntura desafiante são esses momentos que nos fazem crescer e fazer hoje uma retrospectiva muito positiva da nossa actividade”, referiu Isabel Queiroz Vieira da CTR, distinguida com o Galardão Empresa do Ano. A CTR, instalada em Samora Correia, Benavente, celebra este ano 25 anos de actividade e 10 anos da sua actividade na China.
“É um ano muito especial. A nossa aposta tem sido na inovação, na produção de artigos de qualidade e em know-how. Somos hoje uma empresa competitiva e isso também se deve ao trabalho de uma grande equipa”, frisou a responsável, assegurando que a empresa “continuará a apostar” na fábrica que tem em Portugal.
Na edição deste ano os discursos foram curtos e muito centrados nos agradecimentos à família, colaboradores e clientes de cada um dos negócios.
O médico Vítor Martins recebeu o Galardão Prestígio Empresarial e agradeceu “à região que o acolheu” há 18 anos e onde concretizou os seus sonhos de vida. “Penso ter contribuído o melhor que soube para esta região trazendo novas terapêuticas para a população”, afirmou.
O Galardão Jovem Empresário foi para David Oliveira da Vizual Wizard, empresa de Santarém, que agradeceu fazendo um discurso em inglês e português. “Há quatro anos tinha acabado o curso e andava à procura de emprego, frequentei um estágio quando me lancei no meu negócio e a dada altura tive de optar, e tomei a decisão mais forte, de seguir com a minha empresa. Tive alguma sorte no caminho”, revelou, lembrando aos jovens que “há hipóteses” em aberto no mundo dos negócios para poderem vencer. “A sorte dá muito trabalho mas há oportunidades, basta acreditar”, garantiu.
O Galardão Mulher Empresária foi para Ana Paula Soveral da Joluso/Invepe, de Rio Maior, que dedicou o prémio aos falecidos José Luís e Sérgio Soveral, pai e irmão, respectivamente. “Este prémio só é possível porque temos 120 pessoas a trabalhar connosco que todos os dias dão o seu melhor”, elogiou a empresária.
Alberto Gaspar, da Tecnel de Alpiarça, recebeu o Galardão Carreira Empresarial e agradeceu a todos os colaboradores, amigos e familiares pela distinção. “A minha mulher foi uma parceira incansável de todo este percurso e é a ela que também se deve uma grande parte do nosso sucesso”, afirmou, depois de deixar uma palavra de apreço aos filhos.
A empresa Valorgest, de Ourém, venceu o Galardão Micro-Empresa do Ano e Paulo Ferreira destacou “a honra e o orgulho” da distinção. O Galardão Pequena e Média Empresa do Ano foi para a José Marques Agostinho, filhos e cª, do Entroncamento, com António Quintela a agradecer a “honra” da distinção. “Representa para nós o desafio de continuar a servir cada vez melhor os nossos clientes”, concluiu.
A cerimónia decorreu no dia 25 de Outubro no Hotel dos Templários, em Tomar, e integrou o programa da quinta edição do Nersant Business - Encontro Internacional de Negócios. Este ano, pela primeira vez, O MIRANTE e a Nersant atribuíram o Galardão Prestígio Empresarial, que se destina a premiar empresários ligados a actividades que em regra não são tão valorizadas mas que representam uma mais valia para a economia regional e para os consumidores da região.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...