uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Cavalo choca com carro na Estrada Nacional 118 na zona de Marinhais

Cavalo choca com carro na Estrada Nacional 118 na zona de Marinhais

Automóvel de Alexandre Veiga foi para a sucata e dono do animal, alegadamente não se responsabiliza pelo que aconteceu. Caso segue para tribunal.

Edição de 02.11.2016 | Sociedade

Alexandre Veiga não ganhou para o susto quando regressava a casa, na madrugada de 1 de Outubro, e um cavalo se atravessou à frente do seu automóvel. O embate foi tão violento que o animal morreu no local e o automóvel foi para a sucata, sem hipótese de conserto. O acidente ocorreu na Estrada Nacional 118, na zona de Marinhais, concelho de Salvaterra de Magos. O jovem de 24 anos regressava a casa, em Benfica do Ribatejo, concelho de Almeirim, e seguia sozinho na estrada quando, sem se aperceber como, viu o cavalo em cima do seu carro.
Alexandre foi transportado ao Hospital de Santarém, onde ficou internado uma noite. Apesar do embate, ficou apenas com ferimentos numa mão e na testa. “Foi tudo muito rápido. Tive muita sorte. Houve pessoas que contaram que já tinham visto o cavalo à solta durante a tarde na estrada nacional. A minha sorte é que não ia a conduzir depressa. Se fosse, talvez o acidente tivesse sido mais grave para mim”, afirma a O MIRANTE.
O seu automóvel, que ficou inutilizado, era o único meio de transporte de Alexandre e da sua esposa, que têm um filho de oito meses. “Agora não temos como nos transportar. Temos ficado em casa da minha mãe de modo a que a minha esposa possa ir para o trabalho de boleia com a minha mãe. Esta situação está a causar-nos um grande transtorno”, lamenta.
Alexandre Veiga conta que o dono do cavalo foi identificado pela GNR e que o cavalo não tem chip, nem seguro. “O dono do animal não se responsabiliza pelo que aconteceu. Ficamos com um prejuízo de 1500 euros, que era o valor do carro, e ainda tivemos que pagar as despesas hospitalares. A única coisa que pedi a este senhor foi que me desse um carro igual ao meu e que foi para a sucata. Mas o senhor não se responsabiliza pelo que aconteceu, apesar de ser o dono do cavalo”, sublinha o jovem que garante que apresentou queixa na GNR e que já avançou com um processo criminal contra o dono do animal.
O MIRANTE tentou contactar o dono do cavalo envolvido no acidente para obter mais esclarecimentos mas até à hora de fecho da edição tal não foi possível.

Cavalo choca com carro na Estrada Nacional 118 na zona de Marinhais

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...