uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Governo paga danos de intempéries que assolaram a região em 2008 e 2010

Governo paga danos de intempéries que assolaram a região em 2008 e 2010

Em causa prejuízos causados nos concelhos de Vila Franca de Xira, Tomar e Ferreira do Zêzere

Edição de 02.11.2016 | Sociedade

O Ministério da Administração Interna (MAI) pagou cerca de 385 mil euros referentes às candidaturas à Conta de Emergência do MAI, aprovadas na sequência dos danos causados pelas intempéries que atingiram o país em 2008 e 2010. O distrito de Lisboa foi atingido, nos dias 18 e 19 de Fevereiro de 2008, por condições climatéricas excepcionais, que provocaram danos significativos, nomeadamente no concelho de Vila Franca de Xira.
No dia 7 de Dezembro de 2010, os concelhos de Tomar e Ferreira do Zêzere também foram afectados por condições climatéricas excepcionais, com uma tempestade que deixou um rasto de destruição. O vendaval que atingiu esses dois concelhos e ainda o da Sertã (distrito de Castelo Branco) provocou vários danos em infraestruturas, como explorações agrícolas, actividades económicas e também em inúmeros edifícios habitacionais nestes dois concelhos e ainda no distrito de Castelo Branco.
Como O MIRANTE noticiou (ver edição 9 Dezembro 2010), os prejuízos causados pelo tornado que no dia 7 de Dezembro de 2010 atingiu os concelhos de Tomar e Ferreira do Zêzere foram contabilizados em cerca de 12 milhões de euros nos dois concelhos do norte do Ribatejo.

Governo paga danos de intempéries que assolaram a região em 2008 e 2010

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...