uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Águas de Santarém espera mais 550 clientes no sistema de saneamento em 2017
Teresa Ferreira

Águas de Santarém espera mais 550 clientes no sistema de saneamento em 2017

Empresa municipal reconhece que ainda existe um grande trabalho pela frente para convencer as pessoas a ligarem-se à rede pública de esgotos, que cobre agora praticamente todo o concelho.

Edição de 17.11.2016 | Economia

A empresa municipal Águas de Santarém espera ganhar mais 550 novos clientes no sistema de saneamento básico, após os investimentos feitos nessa área e que garantiram a cobertura de praticamente todo o concelho. O objectivo foi assumido pela administradora executiva, Teresa Ferreira, na altura da aprovação do orçamento da empresa para 2017 pelo executivo da Câmara de Santarém.
A administradora releva que apesar do esforço desenvolvido para as pessoas se ligarem às redes de saneamento, através da divulgação e fiscalização no terreno, e apesar do valor dos ramais de ligação ao sistema de saneamento ter deixado de ser cobrado aos utilizadores em 2013, “ainda existe um grande trabalho pela frente para captar novos clientes por forma a maximizar a eficácia dos investimentos neste sector, garantir a sua sustentabilidade ambiental e autonomia financeira”.
Para 2017 a grande aposta da empresa será no abastecimento de água, estando perspectivado um investimento de dois milhões de euros no reforço e substituição de rede nalguns pontos, designadamente no Vale de Santarém.
Além disso está previsto um pacote de investimento no valor de 10,5 milhões de euros na ETAR de Santarém e na estação elevatória da Ribeira de Santarém, mas condicionado na sua execução à garantia de financiamento da União Europeia. “No caso de não ser possível aceder aos aludidos financiamentos, a concretização dos mesmos implica uma recalendarização, por forma a manter a sustentabilidade económica e financeira da empresa”, lê-se na introdução ao orçamento.
Para o próximo ano foi aprovada uma actualização do tarifário em 1,4%, em linha com a taxa de inflação prevista para 2017. A empresa espera um volume de negócios na casa dos 8 milhões de euros. “Estes aumentos não terão significado muito expressivo nas facturas a pagar pelos consumidores, prevendo-se aumentos inferiores a 27 cêntimos para clientes domésticos com consumo médio de 12 metros cúbicos” de água, destaca a empresa.

Viver Santarém reduz dependência do município

O contrato-programa entre a Câmara de Santarém e a Viver Santarém para 2017 vai sofrer um corte de 100 mil euros na verba a transferir pela autarquia para essa empresa municipal, comparativamente aos anos de 2015 e 2016. No orçamento da Viver Santarém para o próximo ano, o valor a transferir pelo município será de 247.926 euros, não estando aí incluídas as verbas a título de pagamentos de prestações de serviços por parte da autarquia, que ascendem aos 282 mil euros mais IVA. Esse financiamento da câmara está previsto para o cumprimento de serviços públicos de interesse geral, maioritariamente para a área do desenvolvimento desportivo e ainda no âmbito dos preços sociais praticados nos equipamentos sob gestão da empresa municipal, nomeadamente as piscinas e pavilhões desportivos. A Viver Santarém é ainda responsável pela organização do Festival Nacional de Gastronomia.
O valor global do orçamento de gastos para o ano de 2017 é de 1.839.271 euros e o de rendimentos é de 1.849.609 euros.

Águas de Santarém espera mais 550 clientes no sistema de saneamento em 2017

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...