uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Câmara de Benavente contesta estudo da Marktest

Câmara de Benavente contesta estudo da Marktest

Concelho foi considerado um dos que tem menos qualidade de vida no território nacional

Edição de 17.11.2016 | Sociedade

O Município de Benavente não recebeu de bom grado a classificação atribuída pela Marktest num estudo sobre a qualidade de vida nos 308 concelhos do país. Numa escala de 1 a 20 Benavente ficou com uma nota de 6,1 que classifica o concelho como um dos piores a nível nacional.
O presidente da câmara, Carlos Coutinho (CDU), indicou que está já a ser analisado o estudo feito e que irá expor algumas questões à Marktest. “Temos os nossos serviços a avaliar o que resulta deste estudo e há questões que temos dificuldade em perceber. Estamos a fazer um levantamento para expor à Marktest, que já se propôs a ter uma reunião connosco, para fazermos este esclarecimento. Quem conhece e aqui reside sabe seguramente que a qualidade de vida não tem uma avaliação negativa”.
Esta questão foi levantada pelo vereador do Partido Socialista, Luís Semeano, na reunião de câmara, realizada a 7 de Novembro. “Esta classificação é muito abaixo daquilo que é aqui transmitido, de modo que não era expectável que tal acontecesse”, disse.
O vereador do PSD, Ricardo Oliveira, sublinhou a mesma questão. “Esta notícia deixa-nos tristes. O facto de não excedermos a nota de 6,1 é uma gigantesca negativa. Era expectável que por tudo aquilo que nos é dito e pelo trabalho que nos vão fazendo crer, que o índice do concelho de melhor qualidade de vida pudesse ser positivo, acima de 10 valores. No conjunto de 13 marcadores, como a taxa de criminalidade e equipamentos de saúde per capita, isto deve preocupar-nos”, indicou.
O estudo da Marktest publicado em Outubro avalia três componentes, o dinamismo demográfico, o dinamismo económico e a qualidade de vida, criadas a partir de 37 indicadores. Cada indicador foi classificado com uma nota de 1 a 20 tendo em conta a posição do concelho no conjunto dos 308 concelhos do país. Cada componente (demográfica, económica, qualidade de vida) tem uma notação média correspondente à média aritmética dos indicadores que a constituem. O rating concelhio (total) resulta igualmente da média aritmética das suas três componentes.
O concelho de Castelo de Vide encabeça a lista dos concelhos com maior rating de qualidade de vida, com 16.9, numa escala de 1 a 20. É seguido por outros concelhos do mesmo distrito de Portalegre - Sousel, Fronteira, Alter do Chão e Marvão - que obtêm entre 15.8 e 16.2 pontos deste rating.
No extremo oposto da tabela encontramos Felgueiras, com um rating de 5.5, a que se seguem os concelhos de Palmela, Lousada, Paredes e Benavente, que não excede um rating de 6.1.

Câmara de Benavente contesta estudo da Marktest

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...