uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Distrito de Santarém esquecido nos prejuízos dos incêndios
Danos. Algumas pessoas perderam todos os seus bens

Distrito de Santarém esquecido nos prejuízos dos incêndios

De fora ficam concelhos afectados pelos fogos como Salvaterra de Magos, Sardoal e Abrantes que tiveram cerca de 3500 hectares de área ardida.

Edição de 17.11.2016 | Sociedade

O Governo esqueceu o distrito de Santarém na legislação que concede apoios para a reposição do capital produtivo destruído pelos incêndios do Verão deste ano. De fora ficam concelhos afectados pelos fogos, como Salvaterra de Magos, Sardoal e Abrantes, que tiveram cerca de 3500 hectares de área ardida.
O deputado do PSD eleito pelo distrito, Duarte Marques, já questionou, no dia 9 de Novembro, o ministro da Agricultura, na audição sobre o Orçamento de Estado, tendo o governante, segundo o deputado, ficado sem resposta e surpreendido com a questão.
Desta forma, a menos que a situação seja rectificada, os proprietários dos concelhos de Salvaterra de Magos, Sardoal e Abrantes não podem candidatar-se a projectos de recuperação dos prejuízos à Rúbrica “6.2.2 - restabelecimento do capital produtivo”.
Duarte Marques considera que “este esquecimento é lamentável, revela uma insensibilidade total do Governo para com estes concelhos e para com as suas populações”.

Distrito de Santarém esquecido nos prejuízos dos incêndios

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...