uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

A suspensão do comandante dos bombeiros de Salvaterra de Magos

Edição de 23.11.2016 | O MIRANTE dos Leitores

O que se passa nos Bombeiros de Salvaterra de Magos é o eterno problema do Comando partilhado. Existe uma direcção que quer marcar a sua posição e por outro lado existe um Comando de Bombeiros que tem as mesmas aspirações. Num outro campo existem os bombeiros profissionais e os voluntários, que são peões neste jogo de interesses e primazias. O município, e deixo esta sugestão, poderia contribuir de forma positiva para este problema que não é só deste comandante e desta direcção, (já se arrasta há muito tempo) criando um Corpo de Bombeiros Municipais mais dilatado assumindo por completo a gestão do mesmo. Vantagens: criação de um corpo profissional homogéneo, estruturado, com capacidade de resposta nas várias valências no período das 24 horas e sete dias por semana.
Outra vantagem seria o facto de sempre que não existisse serviço, o Corpo de Profissionais de Bombeiros poderia e deveria (até porque estatutariamente e num contrato de trabalho constaria isso, fazerem formação. Como ainda hoje ouvi, a falta de formação foi uma das causa apontadas para as mortes ocorridas em 2013 no período de incêndios. A formação é essencial e quem quisesse ser profissional teria que a aceitar e fazer.
Desvantagens também haveria. O município não teria dinheiro para promover festas e festinhas, em especial em ano de eleições, pese embora que o eventual dispêndio inicial poderia e teria sempre o retorno (pelo menos em parte) pela cobrança dos serviços prestados. É só uma ideia.
Major Alvega

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...