uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Vereador Rui Serrano abandona Câmara de Tomar
Rui Serrano (primeiro à direita) ainda esteve na assembleia municipal de sexta-feira

Vereador Rui Serrano abandona Câmara de Tomar

Autarca socialista já tinha renunciado aos pelouros em Agosto

Edição de 23.11.2016 | Politica

O vereador socialista Rui Serrano renunciou ao mandato na Câmara de Tomar na segunda-feira, 21 de Novembro. O autarca, que estava em divergência com a presidente da autarquia, Anabela Freitas (PS), já não compareceu à reunião do executivo realizada nessa tarde, tendo entregado o pedido de renúncia momentos antes da sessão começar.
Rui Serrano já tinha renunciado aos pelouros em Agosto, fragilizando a coligação pós eleitoral entre socialistas e comunistas, que tem governado o município neste mandato. Os pelouros foram na altura repartidos apenas pela presidente Anabela Freitas (PS), pelo vice-presidente Hugo Cristóvão (PS) e pelo vereador Bruno Graça (CDU), num executivo com sete elementos.
Na altura da renúncia aos pelouros, Serrano justificou-se dizendo que não tinha confiança “nesta liderança política, à qual não reconheço credibilidade para liderar os destinos do nosso concelho, nada mais me é possível fazer, porque acredito no valor das coisas e não no tempo que elas duram”. Antes desta experiência autárquica em Tomar, Rui Serrano, arquitecto de profissão, tinha sido vice-presidente da Câmara de Abrantes no mandato 2009-2013.
Com a saída de Rui Serrano entra a candidata seguinte na lista, Anabela Estanqueiro, advogada sindica na Câmara de Tomar. A coligação PS/CDU fica agora novamente em maioria no executivo municipal, o que não acontecia desde que Serrano se incompatibilizou com Anabela Freitas.

Vereador Rui Serrano abandona Câmara de Tomar

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...