uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

João Pereira

Responsável de loja AD Logistics - Peças auto, Santarém

Edição de 30.11.2016 | Agora Falo Eu

Quantas vezes muda de canal por noite quando está a ver televisão?
Há noites em que nem tenho tempo para ver televisão mas quando vejo não mudo muito de canal. Normalmente escolho os canais que têm mais a ver comigo. Os de filmes de acção, de preferência.
Prefere carro ou mota?
Prefiro o carro à mota. Os automóveis são a minha paixão e nem fazia sentido de outra forma uma vez que a minha carreira profissional tem estado sempre ligada aos automóveis.
O respeitinho é muito bonito?
O respeitinho é lindo. É a base da personalidade de uma pessoa.
Qual o seu prato preferido de bacalhau?
O meu prato preferido de bacalhau é o Bacalhau à Joana d´Arc.
Quantos verdadeiros amigos acha que tem?
É difícil dizer mas confesso que tenho vários e já tive várias provas que são verdadeiros amigos em muitos momentos da vida.
O Facebook e as outras redes sociais melhoraram a sua vida?
O Facebook muitas vezes encurta as distâncias, pois coloca muitos amigos e colegas à distância de um clique. Visto por essa perspectiva, melhora.
Se vir alguém deitar lixo para o chão diz-lhe alguma coisa?
Normalmente não mas sou pessoa para criar a oportunidade de colocar um papel que traga no bolso num caixote de lixo, bem à vista da pessoa que colocou o lixo no chão.
Qual a tradição que nunca podemos deixar morrer?
Não sou uma pessoa de tradições, sou uma pessoa com visão de mudança e acredito sempre na evolução diária pela positiva.
Qual foi a sua maior extravagância?
Não me considero extravagante, mas se a vida me permitir fazer uma extravagância será comprar um Aston Martin DB9.
Quais as qualidades que mais aprecia numa pessoa?
A simpatia, a transparência, a garra, a motivação...
O que significa a expressão “gozar a vida”?
Para mim é ter as necessidades supridas e a possibilidade para sair com a “cara metade” para sítios paradisíacos.
O que tem que fazer um homem para ser um verdadeiro homem?
Ter palavra e assumir sempre as suas responsabilidades.
Sente que seria capaz de ser um bom primeiro-ministro?
Garantidamente que não. Não sou fã de política. Eu como primeiro-ministro teria tendência a ser muito prático e a saltar burocracias, o que não seria o posicionamento ideal.
Lembra-se da última vez que usou a bicicleta como meio de transporte?
Como meio de transporte não, mas como lazer, em BTT, lembro-me bem.
De quantas horas de sono precisa para acordar bem disposto?
Se dormir seis horas é óptimo e acordo bem disposto. E normalmente antes das 6 da manhã já estou bem acordado.
Sente-se livre?
Sinto-me verdadeiramente livre porque o que mais aprisiona uma pessoa são as barreiras psicológicas que ela própria cria. A liberdade verdadeira está na nossa mente e no nosso coração. Liberdade de pensar; liberdade de amar...
O que seria para si uma tragédia?
Não perco tempo a pensar em tal.
Qual a sua actividade preferida?
Conduzir automóveis e conduzir automóveis a alta velocidade...(risos)
Qual a profissão que gostaria de ter?
Pediatra. Gosto de crianças, de as ver sorrir e procuro ser exemplo para as crianças de hoje, que serão os homens do amanhã.
Alguma vez pediu um livro de reclamações?
Nunca pedi um livro de reclamações porque não gosto de reclamar. Preferia que houvesse um livro de sugestões para podermos ajudar a melhorar o funcionamento de algo.
Como é um dia bem passado?
Numa ilha paradisíaca, com a minha mulher e sem telemóvel porque o meu não pára de tocar.
Alguma vez sentiu orgulho em ser cidadão europeu?
O que me faz sentir orgulho é em ser bem recebido onde quer que seja, e isso não é a cidadania que me concede.
Alguma vez assistiu a uma tourada ao vivo?
Não. Não sou aficionado. Se fosse um rali... (risos)

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...