uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Políticos, toureiros e aficionados na comissão instaladora do Museu da Tauromaquia
AVANÇO . Foram esta semana conhecidos os nomes da nova comissão de acompanhamento da criação do Museu da Tauromaquia em VFX

Políticos, toureiros e aficionados na comissão instaladora do Museu da Tauromaquia

Polémicas envolvendo alguns dos nomes parecem estar ultrapassadas e a proposta final foi aprovada por unanimidade. Confira aqui os nomes dos escolhidos para a comissão.

Edição de 30.11.2016 | Sociedade

Chegou ao fim o longo e complicado processo de escolha dos 21 nomes que vão integrar a Comissão de Acompanhamento da Instalação do Museu da Tauromaquia (CAIMT) em Vila Franca de Xira, uma escolha que demorou três anos a ficar concluída.
Depois de várias polémicas políticas envolvendo alguns dos nomes, como
O MIRANTE noticiou, foi aprovada por unanimidade na última reunião pública de câmara a lista de nomes que vão ter um papel sobretudo consultivo no processo de constituição do museu da tauromaquia na cidade.
Os nomes que integram a lista são o presidente da câmara municipal, um vereador de cada uma das forças políticas no executivo municipal, um elemento da associação de comércio e indústria de Vila Franca de Xira e Arruda dos Vinhos, um representante da associação Pró-Toiro, do Clube Taurino Vilafranquense, da Confederação das Tertúlias do concelho de Vila Franca de Xira, o presidente da direcção da Escola de Toureio José Falcão e um representante do grupo de forcados de Vila Franca de Xira. Seguem-se depois os nomes individuais de António Palha Ribeiro Telles, Francisco Rodrigues Pereira, José Júlio, Luís Capucha, Maria da Luz Rosinha, Mário Calado, Mário Coelho, Maurício do Vale, Rui de Carvalho, Vítor Mendes e Vítor Silva.
“Esta questão da tauromaquia é uma matéria muito sensível e exigente, porque na tauromaquia os consensos são muito reduzidos, mas possíveis. Com a formalização desta comissão vamos seguir o trabalho que temos de fazer. Se estivermos empenhados vamos conseguir construir o museu, mas é improvável. Esta comissão vai dar-nos o conhecimento necessário para consensualizar o local e definir que museu realmente queremos”, explica Alberto Mesquita (PS), presidente do município.
Segundo a proposta agora aprovada, o futuro Museu da Tauromaquia está “intrinsecamente ligado” à identidade cultural e tradições do concelho e região, correspondendo a um “sonho e ambição de muitas décadas”. Refere a proposta que a “efectiva instalação” do museu é “fundamental” na promoção e incremento cultural. “O museu consubstanciará um relevante espaço cultural, de memória e identidade, dotado de valioso e importante espólio, bem como multifuncional e interactivo, com aproveitamento e utilização das novas tecnologias de comunicação e informação ao serviço da arte, cultura e história tauromáquica”, refere o documento.

Políticos, toureiros e aficionados na comissão instaladora do Museu da Tauromaquia

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...