uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Melhorias na biblioteca de Alverca custam 196 mil euros

Espaço não tem climatização o que o torna gelado de Inverno e abrasador no Verão. As obras são há muito reclamadas pelos utilizadores.

Edição de 05.01.2017 | Sociedade

Foi publicado no dia 23 de Dezembro no portal dos contratos públicos online o contrato de concurso público lançado pela Câmara de Vila Franca de Xira referente à remodelação das instalações eléctricas, ar condicionado e telecomunicações da biblioteca de Alverca. A intervenção tem como objectivo acabar com os problemas de que os utilizadores se queixavam, sobretudo no que diz respeito à resolução dos problemas de climatização, já que a falta de um ar condicionado em condições tornava o espaço gelado no Inverno e abrasador no Verão. As obras terão uma duração estimada de 150 dias (4 meses e 28 dias) e custarão 196.408 euros. A empresa vencedora do concurso foi a Termotérmica Instalações Especiais Lda. O presidente do município, Alberto Mesquita (PS), já havia admitido que a biblioteca precisava de obras e que o município iria tentar terminar os trabalhos antes do fim do mandato. A biblioteca municipal de Alverca, situada no primeiro piso do Centro Comercial Parque, no centro da cidade, está desde Abril de 2014 sem sistema de climatização. Alguns utilizadores do espaço, ouvidos na altura por O MIRANTE, garantem que nas condições actuais se estava melhor nos cafés do que dentro da biblioteca. Nos últimos Verões o problema do calor foi minimizado com ventoinhas trazidas de casa por alguns funcionários do espaço. Segundo o município, o problema estava nos aparelhos de climatização do condomínio, que são comuns ao centro comercial e à biblioteca. Como a biblioteca não dispõe de aparelhos próprios de climatização não tem como controlar a temperatura do espaço. A biblioteca de Alverca foi inaugurada em 1992 e tem várias salas, incluindo salas de leitura para adultos, leitura de periódicos, leitura de obras infanto-juvenis e sala de audiovisuais.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...