uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Confusão no final do jogo entre Samora Correia e Riachense

Edição de 12.01.2017 | Sociedade

O jogo entre o GD Samora Correia e o Atlético Riachense, referente à 15ª jornada da 1ª Divisão da distrital de futebol de Santarém, que decorreu no domingo no campo da Murteira em Samora Correia, ficou marcado por desacatos entre jogadores das duas equipas e também alguns adeptos.
O incidente ocorreu já depois do apito final, em frente aos balneários. Ao que O MIRANTE apurou o guarda-redes do GD Samora Correia, Bruno Alves, foi pedir explicações a um avançado do Riachense devido a um lance onde, alegadamente, o atleta da equipa de Riachos foi contra o guardião. O guarda-redes do Riachense entrou em confronto com Bruno Alves e a confusão instalou-se com vários atletas envolvidos e também alguns adeptos das duas equipas, nomeadamente pais dos futebolistas.
O árbitro acabou por expulsar os guarda-redes das duas equipas e também Jota, médio do GD Samora Correia. A confusão levou a GNR presente no local a chamar reforços, tendo-se juntado aos três militares que estavam no evento mais seis da GNR de Samora Correia, Benavente e Salvaterra de Magos.
De acordo com a GNR não houve feridos e o ambiente acabou por serenar. Foram identificados alguns atletas mas a GNR aguarda ainda conclusão do relatório, que será depois enviado à Associação de Futebol de Santarém.
Quanto ao jogo, terminou empatado (3-3) com várias queixas para a arbitragem de Diogo Vicente. O GD Samora Correia estava a vencer por 3-1 a cinco minutos dos 90. Mas dois golos de Filipe, um de grande penalidade (85’) e outro já em período de descontos, deram o empate ao Riachense.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...